Parnaradio - A Radio Mais Eclética da Web
More Website Templates @ TemplateMonster.com. April 02, 2012!

Potiguar é morta na guerra da polícia contra traficantes no Rio de Janeiro

Arlinda Bezerra, de 71 anos, tentava proteger um neto de 10 anos quando foi atingida por uma bala perdida.

Saiba Mais

Arlinda Bezerra de Assis, conhecida como Dalva, natural do Rio Grande do Norte, foi morta no início da noite deste domingo (27) após ser baleada na Favela Nova Brasília, no Complexo do Alemão. 

Criminosos também atacaram a base da UPP do Alemão com tiros.

A mulher morta teria 71 anos e foi baleada na barriga, na localidade conhecida como Largo da Vivi. 

A vítima foi socorrida por um motorista de Kombi, e chegou a dizer que tinha sido ferida por uma bala perdida. A idosa foi levada para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Alemão, mas não resistiu ao ferimento e morreu.

Dona Dalva morava no Rio de Janeiro há mais de 40 anos. Ela foi baleada quando tentava proteger um neto de 10 anos que estava na rua no momento do tiroteiro entre bandidos e policiais.

Segundo a assessoria de imprensa das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), policias da UPP faziam uma patrulhamento por volta das 18h30 quando se depararam com um grupo de homens armados na Rua 2. Houve troca de tiros e o grupo fugiu. Logo em seguida, a base da UPP Alemão foi atacada com tiros.

Postado Por www.nominuto.com 28/04/2014

Fechar

Existe produção pirata no RN

Entrevista - Airton Romero Ferraz Advogado da Adidas em Natal para a Copa do Mundo Um dos principais crimes cometidos na atualidade é a pirataria. Os números divulgados assustam. Num evento como a Copa do Mundo, onde marcas mundiais investem milhões, os problemas se multiplicam.

Saiba Mais

No Brasil, com a realização do Mundial, as grandes empresas, patrocinadoras do evento, estão se estruturando para tentar coibir a ação dos “piratas”. Em Natal, a Adidas, empresa de material esportivo, contratou o advogado Airton Romero Ferraz para defender seus interesses. O profissional afirma que a empresa já catalogou locais onde seus produtos estão sendo comercializados de forma irregular e que encontrou inclusive uma indústria, no interior do Estado, produzindo materiais com sua marca. Segundo Ferraz, em breve, numa parceria com a justiça e a polícia, esses locais serão vistoriados.

Como a Adidas pretende atuar em Natal?
A Adidas pretende tentar, ao máximo, combater a questão da pirataria dos seus produtos. Não só das camisas oficiais de times que ela patrocina, mas também dos produtos como a bola da Copa, e outros que levam a marca Adidas.

De quem é a atribuição para fiscalizar?
Existe um entendimento de que nesses crimes deveria haver uma representação por parte de quem está sofrendo, ou seja, da marca. A marca teria que fazer essa representação. Mas, entendam que a questão da pirataria vai muito além de uma questão particular da empresa. Hoje temos alguns dados que, por exemplo, no Brasil chega-se a ter um prejuízo de R$ 30 bilhões na arrecadação de impostos. Mais de dois milhões de empregos são retirados do mercado em virtude da pirataria. Para cada um CD original eu teria quatro piratas. Ou seja, é um problema, no Brasil e no mundo, muito grande. Hoje se tem a ideia de que o próprio crime organizado lucra muito com a questão da pirataria. A legislação brasileira se adequou a essa realidade?
A legislação já é interessante. Hoje você tem vários tipos penais que vão abranger essa questão da pirataria. E é isso que a Adidas quer, aqui no estado do Rio Grande do Norte especificamente: a proteção. Em virtude da Copa, dos jogos com isso vão vir com certeza bolas, camisas etc pirateadas para o mercado.

Esse tipo de operação antipirataria seria um legado para o RN?
Sim. Para isso vamos precisar da ajuda da Polícia Civil, da Justiça do RN, junto, a partir do momento da nossa provocação para tirar do mercado esses produtos pirateados que além de atingir as marcas atingem as pessoas também pois são produtos de baixa qualidade que podem inclusive causar danos.

O que pode acontecer com quem for encontrado com esses produtos?
As penalidades que serão aplicadas são severas com penas que chegam a ultrapassar quatro anos de cadeia.

E no caso de empresas?
Pode ser fechada, interditada e o seu proprietário ou gerente vai responder penalmente pelo crime praticado de pirataria.

As empresas já estão buscando esses locais irregulares no Estado?
Sim. Essas empresas grandes fazem investigações não só em Natal, mas no mundo de uma maneira geral já que são marcas conhecidas no mundo inteiro. Essas empresas mantém constantemente trabalhos de investigação e de pesquisa para se descobrir onde está sendo feito, que está vendendo para que possa aí sim provocar as autoridades para que elas tomem as medidas cabíveis.

Como está a situação em Natal?
Natal está na rota sim. Existe inclusive a fabricação de camisas e bonés, na verdade mais de vestuário. Existe também o comércio e graças a Deus o estado em si, a Polícia Civil e o judiciário tem mecanismos suficientes para coibir esse tipo de crime. Inclusive o próprio STJ, no final do ano passado acabou com a ideia que se tinha de que esse crime seria de menor potencial ofensivo. O STJ editou uma súmula deixando claro de que não importa quanto nem o quê, mas que a pirataria é um crime e deve ser punido.

Existe produção no RN?
Existe sim. Não é só venda, temos indústrias produzindo produtos piratas aqui dentro.

Em Natal?
Não. No estado. Por isso nós vamos atuar no estado de uma maneira geral durante o período da Copa de forma intensiva, mas depois o trabalho de proteção da marca prossegue.

CURRíCULO
Bacharel em Direito, formado pela Universidade Potiguar  UnP;
Titulado Especialista em Direito Processual Civil pela Universidade Potiguar;
Professor do Curso de Direito da Universidade Potiguar  UnP;
Professor do Curso de Direito da FAL;
Professor da Pós-Graduação em Direito Penal e Processo Penal da Universidade Potiguar  UnP;
Coautor do livro Dicionário de Direito Ambiental, Editora Mineira, 2003;
Mestre em Direito Público pela Universidade del Pais Vasco;
Doutorando em Direito pela Universidade del Pais Vasco.

Postado Por www.tribunadonorte.com.br 28/04/2014

Fechar

Potiguar poderá jogar em Mossoró com Nogueirão de portões fechados

Conseguindo ou não a classificação para continuar na Copa do Brasil existe uma forte possibilidade do torcedor do Potiguar não acompanhar a partida decisiva. Na próxima quinta-feira, 1º de maio, o alvirrubro receberá no Rio Grande do Norte a visita do Santa Rita, time da cidade de Boca do Mato, de Alagoas, para o segundo jogo válido pela segunda fase da competição nacional.

Saiba Mais

Com o estádio Nogueirão interditado, a saída seria tomar o mesmo caminho adotado nos jogos contra América e Globo, quando o Potiguar, mesmo detendo o mando de campo, foi jogar nas cidades de Goianinha e Assu, respectivamente. Mas, pelas primeiras informações, não estaria mais nos planos do presidente alvirrubro, Jorge do Rosário, jogar fora de Mossoró. 
Isso acontecendo e a situação de interdição não se revertendo, viria então a opção mais dolorosa para o torcedor que pretende apoiar seu time. O estádio Nogueirão seria aberto, porém, apenas para o uso do campo com possibilidade do jogo acontecer com portões fechados. Acredita-se que amanhã essa decisão será anunciada.

Postado Por www.omossoroense.com.br 28/04/2014

Fechar

ABC faz a estreia em sua nova casa

Depois de estrear na Série B, fora de casa, com um empate diante do Santa Cruz, o ABC faz hoje, seu primeiro jogo como mandante, diante do Boa Esporte/MG, às 21h. Mas, punido pelos incidentes ocorridos na partida contra o Palmeiras/SP, na temporada passada, o Alvinegro não vai poder jogar em Natal nas três primeiras partidas como mandante e, por isso, escolheu a cidade de Santa Cruz como sua nova casa nesse início de competição. O time viajou para o interior do Rio Grande do Norte desde a última quinta-feira para se acostumar com o gramado do estádio Iberezão, que vai receber os jogos abecedistas.

Saiba Mais

Para minimizar o estado do gramado da praça esportiva de Santa Cruz, que precisava de melhorias, a direção do ABC mandou funcionários para tratar da grama do Iberezão, para dar um tratamento adequado para receber as próximas partidas abecedistas. 

O local não é o ideal de acordo com o técnico Zé Teodoro, que preferia jogar em João Pessoa/PB. Mas, por se tratar de um estádio dentro do Rio Grande do Norte e de maior proximidade com Natal, a direção optou por Santa Cruz ser a nova casa do ABC.

Em relação ao time que vai enfrentar o Boa Esporte, pouca coisa deve mudar em relação aos titulares da estreia. Nos treinos que realizou antes da partida de hoje, Zé Teodoro manteve a base. Com isso, o atacante João Henrique deve continuar no banco de reservas. Existe a possibilidade do volante Somália ser improvisado na lateral esquerda, na vaga que vem sendo ocupada por Luciano Amaral.

No ataque, Lúcio Flávio deve ser mantido ao lado de Dênis Marques. Para o atacante, o ideal seria jogar no Frasqueirão, mas, o time vai entrar em campo com o pensamento de vitória. “O nosso desejo era de poder atuar na nossa casa, no estádio Frasqueirão, onde todos sabem a nossa força e a nossa torcida faz a diferença. Mas estamos em Santa Cruz com o pensamento de conseguir a vitória. Esperamos fazer um bom jogo e conquistar o resultado positivo”, afirmou.

Para Lúcio Flávio, o ABC ainda busca o entrosamento ideal e que vai enfrentar uma equipe de qualidade. “Sabemos que não será um jogo fácil, vamos enfrentar uma boa equipe, mas estamos nos preparando bem, o entrosamento vai aumentando, alguns pontos estão sendo melhorados e corrigidos e a expectativa é de que possamos evoluir em relação ao primeiro jogo”, previu.

O ABC ainda não vai poder contar com os reforços dos meias Xuxa e Rogerinho, que foram contratados e ainda precisam da regularização.

Já no Boa Esporte, o lateral Rudney, recém chegado do Penapolense, pode estrear com a camisa mineira. O técnico Nedo Xavier não deu pistas se vai modificar ou não a equipe que empatou em casa na primeira rodada.

Ficha técnica
ABC: Gilvan; Patrick, Suéliton, Samuel e Luciano Amaral (Somália); Michel Schmoller, Daniel Amora, Octávio e João Henrique (Somália); Lúcio Flávio e  Dênis Marques. Técnico: Zé Teodoro.
BOA ESPORTE: Leandro; Moisés, Thiago, Wallace e Mário (Rudney); Vinícius, Marcel, João Roberto e Rafael(Alan Mineiro); Nilson e Caranga. Técnico: Nêdo Xavier.
Local: Iberezão, Santa Cruz/RN
Horário: 21h
Árbitro: Manoel N. Lopo Garrido (BA)
Assistentes: Francisco Chaves Bezerra Júnior e Marcelino Castro de Nazaré (ambos do PE)

Postado Por www.tribunadonorte.com.br 26/04/2014

Fechar

Ministério Público aciona Rosalba por irregularidades no Hospital da Mulher

O Ministério Público do Rio Grande do Norte, através do procurador-geral de Justiça, Rinaldo Reis Lima, ajuizou ação civil pública por ato de improbidade administrativa na Vara da Fazenda Pública da Comarca de Natal contra a governadora Rosalba Ciarlini, o ex-secretário estadual de Saúde, Domício Arruda, o procurador do município do Natal, Alexandre Magno Alves de Souza, e outras 14 pessoas, além da Associação Marca e oito empresas devido a ilegalidades na prestação do serviço de gerenciamento do Hospital da Mulher, em Mossoró.

Saiba Mais

As provas colhidas revelam que a contratação da Associação Marca pelo Estado, mediante dispensa de licitação, sob justificativa de situação emergencial, foi direcionada pela governadora do Estado, Rosalba Ciarlini, e pelo então secretário estadual de Saúde, Domício Arruda, em processo administrativo manipulado, construído para o favorecimento de referida Associação com prejuízo ao Estado, à saúde pública e à população.
A ação ajuizada pelo MP demonstra que o Governo do Estado concebeu e planejou com grande antecedência a terceirização da administração do Hospital da Mulher em Mossoró, muito antes da própria contratação emergencial da Associação Marca, de modo que o estado de emergência alegado para justificar a contratação, gerado pela ineficiência do poder público com a assistência médica no município, foi instrumentalizado para respaldar a contratação da Associação Marca e introdução do terceiro setor na gestão da saúde pública no âmbito do Estado, a exemplo do que foi feito com a Associação Marca no município do Natal investigado no curso da “Operação Assepsia”.
A contratação milionária se tornou viável pois tão logo foi celebrado o termo de parceria, no início do ano de 2012, a governadora Rosalba Ciarlini suplementou recursos orçamentários da ordem de R$ 16 milhões somente para esse contrato. O valor é maior do que todo o montante direcionado para investimentos em saúde do Estado no ano anterior, conforme relatório do Tribunal de Contas do Estado (TCE).
A contratação da Associação Marca pela governadora Rosalba Ciarlini e o então secretário estadual de Saúde, Domício Arruda, foi intermediada pelo procurador do município, Alexandre Magno Alves de Souza, representante informal da Associação no Estado. O servidor teve, inclusive, sua cessão solicitada pelo Governo do Estado ao município do Natal no segundo semestre de 2011, passando a ter trânsito livre entre o Gabinete Civil e a Sesap.
"Nesse sentido, a privatização da administração do Hospital da Mulher não era providência isolada, mas parte de um projeto para terceirizar os principais hospitais do Estado, mediante a entrega de suas administrações a Organizações Sociais (OSs) e Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscips) previamente ajustadas com a chefe do Executivo", traz trecho da Ação n° 08039436920148200001, ajuizada pelo procurador-geral de Justiça.
Há elementos que indicam que a própria Marca iria assumir o Hospital Ruy Pereira, e a Cruz Vermelha passaria, segundo relatado pelo secretário Domício Arruda, a administrar o Hospital Walfredo Gurgel.
Na ação civil pública, o Ministério Público Estadual expõe que foi a governadora do Estado e o então secretário de Saúde que deram autorização pessoal para que a Associação Marca promovesse a reforma das instalações do antigo Hospital da Unimed em Mossoró, bem como adquirisse equipamentos e contraísse obrigações à custa do termo de parceria que ainda não havia sido efetivamente celebrado.
O dano ao patrimônio público decorrente da contratação, apurado em auditoria interna da Secretaria de Estado da Saúde e do TCE, advindo de serviços superfaturados ou não prestados; equipamentos cobrados mas não instalados; notas frias e outras formas de desvios, alcançou a cifra de R$ 11.960.509,00.
A investigação desvendou, ainda, que a planilha de custos para o funcionamento do Hospital da Mulher foi elaborada pela própria Associação Marca, o que permitiu o superfaturamento dos serviços e a inclusão de itens ilegais como o pagamento de comissão e de uma taxa de lucros que alcançava 24,77% do valor mensal do contrato, incompatíveis com a natureza de uma entidade contratada na qualidade de uma Oscip.
Em um subcontrato da Associação Marca com a empresa Adventus Group e Consultores Ltda., com sede em Fortaleza, por exemplo, foi inserida uma taxa de "retorno para a administração" de 10% a 20% que teria a finalidade de "fidelizar o contrato", o que para o Ministério Público Estadual caracteriza fato típico não apenas de improbidade administrativa como de enriquecimento ilícito e também sujeita os envolvidos aos crimes de corrupção ativa e passiva, previstos no Código Penal brasileiro.
O Ministério Público Estadual requer na Justiça liminar para decretação da indisponibilidade dos bens e propriedade das pessoas físicas de Rosalba Ciarlini, Domício Arruda, Maria das Dores Burlamarqui de Lima, Alexandre Magno Alves de Souza, Tufi Soares Meres, Leonardo Justin Carap, Rosimar Gomes Braso e Oliveira, Antônio Carlos de Oliveira Júnior, Elisa Andrade de Araújo, Otto de Araújo Schmidt, Valcineide Alves da Cunha de Souza, Associação Marca, Núcleo de Saúde e Ação Social Salute Sociale, Health SolutionsLtda, Espíndola & Rodrigues Assessoria Contábil Ltda - ME, AdventusGroup e Consultores Ltda, Núcleo Serviços Diagnósticos Ltda, Azevedo & Lopes Auditores Independentes Ltda - ME, Olivas Planejamento Assessoria e Serviços Ltda, The Wall Construções e Serviços Ltda, Francisco Malcides Pereira de Lucena, Vânia Maria Vieira, Sady Paulo Soares Kapps, Hélio Bustamante da Cruz Secco, Carlos Paes Saldanha e Sidney Augusto Pitanga de Freitas Lopes, solidariamente ou subsidiariamente, na medida da responsabilidade de cada um, além da condenação aos demandados nas penas descritas no artigo 12 da Lei n° 8.429/92, a lei da improbidade.

Postado Por www.omossoroense.com.br 26/04/2014

Fechar

Francisco José Júnior lide

Segundo o instituto Certus, o candidato do PSD tem 48,01% das intenções de voto.

Saiba Mais

A pesquisa realizada pelo Instituto Certus, encomendada pelo jornal GAZETA DO OESTE, revelou que se a eleição suplementar para escolha do prefeito de Mossoró fosse realizada hoje, o candidato Francisco José Júnior (PSD) venceria o pleito com certa vantagem em comparação aos demais candidatos.

A pesquisa, registrada na Justiça Eleitoral sob o número 00242/2012, foi realizada nos dias 22, 23 e 24 de abril e ouviu 452 eleitores.

Na pergunta espontânea, onde o entrevistado responde livremente a respeito de sua intenção de voto, 29,42% disseram que pretendem votar em Francisco José Júnior. Larissa Rosado (PMDB) foi citada por 13,94% dos entrevistados. A prefeita afastada, Cláudia Regina (DEM), foi citada espontaneamente por 3,54%.

Na pergunta estimulada, em que os nomes dos candidatos são citados para o entrevistado escolher a opção, Francisco José Júnior obteve 48,01% dos votos, Larissa Rosado vem em segundo lugar com 18,36% das intenções de voto.O candidato Raimundo Cinquentinha (PSOL) é o terceiro colocado, com 2,88% das intenções de voto, enquanto o professor Josué Moreira (PSDC) obteve 2,43%.

O candidato Gutemberg Dias (PCdoB) não foi citado pelos entrevistados e Cláudia Regina, por não estar autorizada pela Justiça Eleitoral a fazer campanha, não teve seu nome incluído no questionário. Na estimulada, 11,95% dos entrevistados estão indecisos quanto ao voto.

Postado Por www.nominuto.com 26/04/2014

Fechar

América quer recuperar a liderança

Invicto desde que assumiu o comando do América, o técnico Oliveira Canindé vai por a prova sua marca expressiva de 11 vitórias em 12 jogos, mais uma vez, hoje, às 16h20, quando vai enfrentar o Oeste/SP, no estádio dos Amaros, pela segunda rodada da série B do brasileiro. O comandante alvirrubro se mostra confiante em continuar com o grande trabalho que vem fazendo e espera conquistar mais uma vitória na tarde de hoje.

Saiba Mais

“Eu espero que mais vitórias venham e que, cada vez mais, a gente possa alegrar nosso torcedor e, acima de tudo, a confiança da direção por ter apostado na minha capacidade e na minha maneira de trabalhar”, afirmou Oliveira.

E, para que isso aconteça, ele vai poder contar com os retornos do lateral esquerdo Wanderson e o meio campo Artur Maia, que ficaram de fora na vitória por 2x0, sobre o Boavista, pela Copa do Brasil. Com isso, o time ganha mais força ofensiva, já que o meia vem sendo o grande destaque americano na temporada, com jogadas de efeito e gols importantes. “Daqui para frente o América vai ter só decisões. É na série B, no Estadual, na Copa do Brasil e temos que entrar forte em todas elas para ficarmos sempre entre os primeiros. Todos os jogos serão difíceis, mas temos que buscar a vitória sempre”, afirmou Artur Maia. 

Em compensação, ele não vai poder contar com o volante Val e o atacante Rodrigo Pimpão. O treinador Oliveira Canindé optou por poupar os dois atletas, que são titulares, já que na quarta-feira, tem a decisão do campeonato estadual, diante do Globo.

Com isso, Dener e Adriano Pardal ganham mais uma chance no time titular. O primeiro entra no meio campo, para fazer dupla de volante com Márcio Passos e o segundo vai ser companheiro de Max, no ataque americano.

Como começou a série B com uma vitória diante do Avaí, por 3x1, o América vai buscar mais uma vitória para seguir entre os primeiros da competição e manter o bom momento que o time vem vivendo desde a chegada de Oliveira Canindé.

Duas mudanças devem acontecer na equipe do Oeste para a partida contra o América, já que o técnico José Macena não gostou da estreia.

Ficha técnica
Oeste: Paes; César Gaúcho, Henrique Mattos e Cris; Eric, Nando Carandina, Leandro Melo, Luis Miguel e Fernandinho; Borebi e André Luiz. Técnico: José Macena.
América: Fernando Henrique; Marcelinho, Cléber, Edson Rocha e Wanderson; Márcio Passos, Dener, Fabinho e Artur Maia; Adriano Pardal e Max. Técnico: Oliveira Canindé.
Local: Amaros, Itápolis/SP
Horário: 16h20
Árbitro: Célio Amorim (SC)
Assistentes: Luiz H. Souza Santos e Aristides Pereira da Silva Júnior (ambos do PR)

Postado Por www.tribunadonorte.com.br 26/04/2014

Fechar

Polícia Federal apreende 50 quilos de crack em São Miguel

A Polícia Federal do Rio Grande do Norte apreendeu 50 quilos de cocaína na cidade de São Miguel-RN. Na operação três pessoas foram presas e autuadas por tráfico de drogas. Foram presos: um comerciante sul-mato-grossense, 31 anos; um motorista potiguar, 53 anos; e um comerciante paraibano, 37 anos. Eles foram flagrados com 50 quilos de crack que vinha de MT e seria distribuído na região do Seridó.

Saiba Mais

As prisões aconteceram na quarta-feira, 23, quando os policiais abordaram o trio que vinha, há dias, sendo investigado por suspeita de tráfico naquela região. Eles estavam em dois veículos: uma pick-up Saveiro e um Gol, quando foram parados em um posto fiscal de São Miguel. Ao serem entrevistados, aparentaram grande nervosismo, o que levou a desconfiança de que os carros pudessem conter droga nos seus compartimentos.

Os homens foram conduzidos para a sede da Delegacia da PF, em Mossoró, onde os veículos foram minuciosamente revistados e a droga encontrada sob a forma de 49 tabletes escondidos na forração das portas e na carroceria. Os suspeitos receberam voz de prisão e foram autuados por tráfico interestadual. Eles estão recolhidos, à disposição da Justiça, na Cadeia Pública de Mossoró. Somente neste ano, a Polícia Federal já apreendeu quase 220 quilos de drogas no RN. A maior quantidade é de maconha.

FRAUDE

A Polícia Federal prendeu na tarde de quarta-feira, 23, em Goianinha/RN, um administrador de empresas, 33 anos, acusado de tentativa de estelionato. O homem foi detido quando procurou uma agência da Caixa Econômica Federal da referida cidade portando documentos falsos, para obter um empréstimo no valor de R$ 100 mil.

Avisada, a PF deslocou uma equipe até o local, que deu voz de prisão ao suspeito e o conduziu até a sede do órgão em Natal. Após a autuação, o envolvido ficou sob custódia na PF, mas nas primeiras horas de ontem, 24, foi solto por ordem da Justiça e vai responder ao processo em liberdade.

Postado Por www.gazetadooeste.com.br 25/04/2014

Fechar

Wilma de Faria diz que não foi comunicada oficialmente sobre afastamento do prefeito

Vice-prefeita de Natal emitiu nota explicando que mesmo antes de tomar conhecimento sobre a viagem de Carlos Eduardo, ela já tinha agendado compromissos.

Saiba Mais

A vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, emitiu Nota de Esclarecimento na noite desta quinta-feira (24), em virtude das muitas informações a respeito da viagem do prefeito Carlos Eduardo ao exterior.

Wilma diz que não foi comunicada oficialmente sobre afastamento do prefeito Carlos Eduardo e que mesmo antes de tomar conhecimento da viagem do chefe do Executivo Municipal, ela já tinha agendado compromissos que lhe deixarão ausente da cidade até o próximo dia 28.Vejam a nota na íntegra:

Em face de noticiário local, que informou da ausência do Prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, pelo período de 12 dias, fato que gerou controvérsias e até um mandado de segurança de nítido viés eleitoreiro, aqui venho informar à população da cidade que não recebi qualquer comunicado oficial oriundo da Prefeitura Municipal do Natal ou da Câmara Municipal do Natal acerca do citado afastamento.

É importante também informar a Natal, em nome do respeito que tenho por todos os seus cidadãos, que, mesmo antes de tomar conhecimento, pela imprensa, da viagem do Prefeito ao exterior, já havia agendado compromissos que, inclusive, me deixarão ausente da cidade até o próximo dia 28, o que, por si só, inviabiliza as práticas de quaisquer atos administrativos pertinentes ao cargo de Prefeito de Natal até a citada data.

Postado Por www.nominuto.com 25/04/2014

Fechar

Mesmo com vantagem numérica em campo, Potiguar não reage e perde em Alagoas

Apático em campo, perdendo praticamente em todos os itens, o Potiguar foi derrotado na tarde de ontem jogando pela segunda fase da Copa do Brasil, por 2 a 0, para o Santa Rita de Alagoas, na cidade de Boca da Mata. Com esse resultado o time alagoano só precisa do empate, e pode até perder por 1 a 0, em Mossoró, dia 1º de maio, no estádio Nogueirão.

Saiba Mais

Sem competência para vencer, o Potiguar não soube aproveitar a vantagem numérica de um jogador a mais, já que no primeiro minuto da partida o Santa Rita teve um jogador expulso, mas, diferente do que se esperava, quem dominou as ações nos dois tempos foi o Santa Rita. Depois do empate sem gols no primeiro tempo, os alagoanos construíram a vitória aos 6 minutos do segundo tempo, com Reinaldo Alagoano cobrando pênalti, e na sequência, Marlon, aos 18 minutos, ampliou e deu números finais ao placar. 
Na avaliação do treinador Ubirajara Veiga, que viu um time com pouca disposição em campo, é possível reverter a situação. "Assim como eles construíram o placar em casa, nós podemos fazer o mesmo marcando dois ou mais gols", disse o técnico. Sobre o adversário, Veiga disse que é um time rápido do meio-campo para a frente, mas tem pontos falhos que podem ser explorados na partida de Mossoró.

Postado Por www.omossoroense.com.br 25/04/2014

Fechar

Torcedores que forem ao Brasil devem verificar vacinas, diz OMS

A mensagem é divulgada por ocasião da Semana Anual da Vacinação nas Américas, que faz alusão ao futebol: "Vacinação. A tua melhor jogada!".

Saiba Mais

A Organização Mundial da Saúde (OMS) apelou hoje (24) aos torcedores que viajarem ao Brasil para o Mundial de Futebol que comprovem se têm as vacinas em dia para evitar doenças infecciosas. A mensagem da OMS é divulgada por ocasião da Semana Anual da Vacinação nas Américas, que começa hoje e vai até o dia 30 e cuja mensagem faz alusão ao futebol: "Vacinação. A tua melhor jogada!".

"Elegemos esse tema como uma chamada à ação para destacar a importância de estar protegido contra as doenças evitáveis mediante vacinação, em particular o sarampo e a rubéola, durante a próxima edição do Mundial de Futebol", explicou a assessora regional do Programa de Imunização da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), Alba María Ropero.

O Mundial, que ocorre em 12 cidades brasileiras entre 12 de junho e 13 de julho, é um "caldo de cultivo" propício para que surjam doenças que, de fato, já não são endêmicas na região há anos. A transmissão endêmica do sarampo nas Américas foi interrompida em 2002 e a da rubéola em 2009.

"No entanto, o sarampo continua a circular em nível mundial e em países como o Brasil, o Canadá, o Equador e os Estados Unidos foram notificados casos vinculados a importações", lembrou Ropero.

A partir do fim da circulação endêmica do sarampo, em novembro de 2002, o continente começou a registrar casos importados de outros países e até 2012 notificou 2.771.

A maioria deles (1.369) ocorreu em 2011, quando foram registrados 171 surtos a partir de importações, que geraram uma transmissão sustentada em pelo menos três países (Canadá, Equador e Brasil).

"A Semana da Vacinação é uma oportunidade de preparação para enfrentar esse desafio e proteger os progressos da região, incluindo os esforços para intensificar as atividades de vacinação orientadas para os viajantes e outros grupos de alto risco, como os trabalhadores da saúde, do turismo, jornalistas", exemplificou Ropero.

A precaução justifica-se, já que dos 32 países cujas seleções participam do Mundial de 2014, 19 notificaram casos de sarampo em 2013.

Além disso, há precedentes que lembram a necessidade de vacinação. Eventos desportivos, como os Jogos Olímpicos de Inverno de Vancouver (Canadá) em 2010 ou o Mundial de Futebol na África do Sul, no mesmo ano, ficaram associados a grandes números de casos de sarampo no Canadá, na Argentina e no Brasil", disse a especialista.

Em nível global, o tema da Semana Mundial da Vacinação é "Imunização para um futuro saudável. Saber, verificar, proteger", e a OMS pretende apelar às pessoas para que saibam mais sobre quais as vacinas necessárias, verifiquem se a imunização está atualizada e procurem os serviços de vacinação para proteger toda a família.

Nessa quarta-feira (23), a organização alertou que mais de 22 milhões de crianças no mundo, cerca de uma em cada cinco, estão sem receber vacinas contra doenças básicas.

Postado Por www.nominuto.com 24/04/2014

Fechar

Policiais federais param por 24h no Rio Grande do Norte

Os policiais federais do Rio Grande do Norte aderiram a uma paralisação nacional de 24 horas durante todo o dia de ontem, 23. O objetivo da parada é denunciar os altos índices de violência e a ineficiência das investigações. No RN, os policiais se concentraram em frente à sede da PF em Natal.

Saiba Mais

Em nota, a o Sindicato dos Policiais Federais do RN (SINPOL) informou que "com as mãos tingidas de vermelho, simbolizando sangue, os policiais protestam contra a insegurança no país".

Apesar da paralisação de 24h, o sindicato afirma que o atendimento ao público não será afetado. Serviços como emissão de passaportes, fiscalização nos aeroportos seguem normalmente. Apenas as investigações de longo prazo não serão realizadas nesta terça, quarta e quinta.

Postado Por www.gazetadooeste.com.br 24/04/2014

Fechar

Potiguar monta esquema p

Em Alagoas desde o início desta semana, o Potiguar entra em campo hoje para estrear na segunda fase da Copa do Brasil. Em horário pouco tradicional em se tratando de jogos no meio da semana, Santa Rita(AL) e Potiguar se enfrentam às 15h15, no estádio Olivial Elias, na cidade de Boca da Mata, região do litoral do estado de Alagoas.

Saiba Mais

O time mossoroense aproveitou sua estada em Maceió para treinar no Centro de Treinamento do CSA e, pela postura do trabalho realizado, mesmo fora de casa, o treinador Ubirajara Veiga quer seu time jogando pra frente, no ataque, em busca da vitória. Na atividade, em campo reduzido, os atletas foram divididos em duas equipes. Os comandados de Ubirajara Veiga podiam dar apenas dois toques na bola e tinham a missão de explorar os espaços vazios e as tabelas. Durante todo o exercício, o treinador orientou os jogadores e apontou os espaços no campo. 
De acordo com o regulamento da Copa do Brasil, se o Potiguar, na condição de visitante, vencer por dois gols de diferença, estará automaticamente classificado, eliminando assim a segunda partida. Vitória do time alagoano por qualquer placar ou empate, as duas equipes voltam a se enfrentar no dia 1º de maio, em local a ser definido pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) se for mantida a interdição do estádio Nogueirão em Mossoró.

Postado Por www.omossoroense.com.br 24/04/2014

Fechar

Vias bloqueadas e caos no trânsito

Nenhum aviso prévio e muita dor de cabeça. No início da tarde de ontem (23), a população de Natal foi surpreendida e reclamou da interdição das avenidas Rio Branco e Deodoro da Fonseca, na altura do viaduto do baldo – os principais acessos entre o centro da capital e o bairro Alecrim. Os motoristas precisaram procurar novos percursos para chegar aos seus destinos e o trânsito ficou lento em alguns trechos.

Saiba Mais

A própria Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob), que amanheceu mobilizada para executar a interdição, reconheceu que a mudança foi repentina. A decisão de manter as interdições das avenidas Deodoro e Rio Branco, enquanto não são retomadas as obras de recuperação do canal e do viaduto do Baldo, foi da juíza Francimar Dias Araújo da Silva, da 2ª Vara da Fazenda Pública de Natal. Ela rejeitou os embargos de declaração pleiteados pelo Município. A negativa da Justiça obrigou o município a interditar o trecho.“A secretaria foi notificada na última quarta-feira (16) à tarde e a intervenção tinha que ser feita em cinco dias. Por causa da Semana Santa, a gente só ficou sabendo nesta terça (22) e tivemos que fazer isso hoje”, afirmou o diretor de Fiscalização de Trânsito, Rogério Leite. Ele ainda explicou que a Semob já tinha parte do planejamento pronto, porém algumas ruas eram inviáveis para o desvio e foram descartadas. Novas mudanças e adaptações devem ocorrer nos próximos dias, conforme o tráfego se normalize.

As intervenções começaram por volta das 11h30, na Coronel Estevam, chegando à Deodoro, no sentido ao Centro. Por volta de 13h30, o tráfego de mesmo sentido (bairro/centro) foi fechado na Rio Branco, formando uma extensa fila de carros, que chegava ao Alecrim. Até o fechamento desta edição, a Semob não havia feito a interdição da faixa de contra-fluxo utilizada pelos ônibus e do sentido centro-bairro, na Deodoro. A secretaria divulgou, durante o dia, um mapa com as novas rotas para ônibus e transportes de grande porte (veja na página 2). Porém as vias também acabaram sendo utilizadas pelos veículos particulares.

Para os motoristas que usam a avenida Coronel Estevam em direção ao centro, o fluxo é desviado para contornar a praça Almirante Marquês de Tamandaré, entrando à direita na rua Ernani da Silveira e seguindo até o cruzamento das avenidas Régulo Tinoco e Governador Juvenal Lamartine. Depois, os condutores entram na rua Mermoz, de onde podem seguir até as avenidas Deodoro e Rio Branco.

A rua Ernani da Silveira, que tem apenas uma faixa, era uma das principais preocupações. Principalmente, no início da tarde, o fluxo de veículos foi intenso nessa rua. Em alguns momentos, o engarrafamento e a lentidão do trânsito deixou motoristas e quem utiliza o transporte de massa impacientes.

O diretor da Semob afirmou que um semáforo será instalado na rua Mermoz, no cruzamento com a Deodoro, mas não há um prazo definido. “Por enquanto, vai ser manual”, afirmou, referindo-se à presença de amarelinhos.

Postado Por www.tribunadonorte.com.br 24/04/2014

Fechar

Caixa define regras para portabilidade do FGTS para crédito imobiliário

A Caixa Econômica Federal publicou ontem, no Diário Oficial da União, mudanças nos procedimentos operacionais na portabilidade do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para uso em crédito imobiliário. A medida é válida a partir do dia 5 de maio e permitirá aos clientes pedir a transferência de operações de crédito do Fundo para algum banco que ofereça taxa de juros mais baixa.

Saiba Mais

Em 2013, o Conselho Monetário Nacional já havia definido novas regras sobre portabilidade de crédito, e em março deste ano o Conselho Curador do FGTS aprovou a portabilidade, mas era necessário que fosse especificada a liberação da portabilidade do FGTS para financiamentos.
Na Circular 650, a Caixa define os procedimentos operacionais para a portabilidade de crédito, dentre elas estão a norma de que o valor e o prazo da operação não podem ser superiores ao saldo devedor e ao prazo remanescente da operação de crédito, e, que o sistema de amortização da operação do crédito objeto da portabilidade não pode ser alterado.
A Caixa afirma na Circular que os bancos poderão reduzir o ganho com os juros e a taxa de administração cobrados dos clientes para incentivar a portabilidade e alerta que, se houver divergência entre as informações enviadas pelos bancos, poderá rejeitar a transferência da dívida ou solicitar a complementação de informações. O custo operacional acordado entre as instituições financeiras para fazer a portabilidade não poderá ser cobrado ou repassado ao devedor.
O gerente da Caixa local, Aldemir de Souza, disse que só poderá falar sobre as novas normas para portabilidade do FGTS para crédito imobiliário depois que a central do banco enviar para sua agência as especificações do processo, com informações técnicas e normas, o que deverá acontecer até o fim desta semana.

FGTS pode ser utilizado como forma de complemento à carta de crédito

O FGTS é o valor correspondente a 8% do salário do funcionário que os empregadores depositam em contas abertas na CEF no início de cada mês. Ele pode ser usado na compra de imóveis, prontos ou em construção, como parte ou totalidade do pagamento, através de financiamento bancário, compra à vista ou consórcio imobiliário, por lance ou como forma de complemento à carta de crédito.
Qualquer trabalhador com tempo de trabalho mínimo de três anos pode usar o dinheiro do FGTS para comprar a casa própria. É preciso também ser brasileiro ou estrangeiro com visto permanente, ter mais de 18 anos ou ser emancipado, ter fonte de renda comprovada e não estar com o nome incluso em programas de proteção ao crédito como Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) ou Serasa.
Quem tiver interesse em usar o Fundo para crédito imobiliário também não pode ser proprietário ou estar em processo de compra de uma residência financiado pelo Sistema Financeiro de Habitação (SFH).
A Caixa Econômica realiza inspeção no imóvel desejado pelo comprador. Para que a compra seja liberada, ele deve estar localizado na zona urbana do município onde o comprador trabalha, em plenas condições de moradia e sem vícios de construção, matriculado no Registro de Imóveis e sem impedimentos para sua comercialização. A residência deverá ser utilizada para moradia do comprador. No Rio Grande do Norte, o valor máximo do imóvel para compra com o FGTS é de R$ 650 mil.

Postado Por www.omossoroense.com.br 23/04/2014

Fechar