Parnaradio - A Radio Mais Eclética da Web
More Website Templates @ TemplateMonster.com. April 02, 2012!

A nova safra de Djavan

Djavan faz parte de um grupo seleto de artistas que buscam extrair a máxima sofisticação da música popular. Cada acorde e cada palavra do novo álbum “Rua dos Amores”, revela que seu estilo inconfundível de vestir a MPB com manto jazzístico continua afiado.

Saiba Mais

Djavan faz parte de um grupo seleto de artistas que buscam extrair a máxima sofisticação da música popular. Cada acorde e cada palavra do novo álbum “Rua dos Amores”, revela que seu estilo inconfundível de vestir a MPB com manto jazzístico continua afiado. Ele esteve envolvido por quatro anos com o projeto do intimista “Ária” (estúdio e ao vivo, CD e DVD), onde atuou apenas como intérprete, e neste trabalho, lançado em 2012, retoma seu lado compositor e o controle de todo o processo: letras, arranjos, produção, mixagem e concepção do show... tudo tem o dedo do cantor alagoano. Em turnê nacional desde novembro do ano passado para apresentar “Rua dos Amores”, Djavan faz show esta sexta-feira, 21h, no Teatro Riachuelo em Natal.Autor de todas as letras e melodias das 13 novas canções, que vêm com a força represada por quatro anos sem deliberadamente compor nada. Para um compositor compulsivo e prolífico como Djavan o jejum foi algo sofrido, e o acúmulo de energia criativa talvez explique a força da nova safra. Força também ‘reforçada’ pelo reencontro com a antiga banda, com quem não trabalhava há 15 anos, todos mais maduros, tocando muito, afinadíssimos com as ideias e o violão de Djavan”, escreveu Hugo Sukman, na apresentação do novo CD, sobre o passeio pela “Rua dos Amores” – “um disco de canções de amor, ponto”.

Ciente de sua responsabilidade como criador de sucessos, Djavan, 64, adiantou em entrevista ao VIVER que não deixou de incluir no repertório do show desta noite músicas consideradas clássicas no universo da MPB, como “Flor de Lis”, “Sina”, “Samurai”, “Lilás”, “Meu Bem Querer” e “Oceano. Entre as inéditas, destaque para “Já não somos dois”, “Anjo de vitrô”, “Pecado”, “Ares Sutis” e a própria “Rua dos Amores”. Para coroar esse reencontro com a composição, ele também volta a se cercar de amigos, os músicos Carlos Bala (bateria), Glauton Campello (teclados e vocal), Jessé Sadoc (flügel horn e trompete), Marcelo Mariano (baixo e vocal), Marcelo Martins (flauta, saxofone e vocal), Paulo Calasans (teclados) e Torcuato Mariano (guitarras e violões).

Serviço: “Rua dos Amores”, com Djavan. Hoje, 21h, no Teatro Riachuelo – formato pista. Ingressos na bilheteria.

Bate-papo - Djavan, cantor e compositor

O zelo e as referências de ‘Rua dos Amores’

Alexis Peixoto - Jornalista

Com o novo disco “Rua dos Amores” você volta ao repertório autoral depois de trabalhos só como intérprete. Teve dificuldades para voltar a compor?

Eu pensei que seria difícil porque fiquei quatro anos sem compor, coisa que nunca tinha me acontecido antes. Fiz isso para poder trabalhar melhor o projeto do “Ária”, pois queria fazer há muito tempo.  Mas não tive dificuldades para voltar a compor. A primeira música dessa volta foi “Vive”, que fiz com a Maria Bethânia. Depois fiz mais doze em três meses tinha todo o repertório para “Rua dos Amores”.

Esse período como interprete teve alguma influência sobre as novas composições?

É provável que eu tenha trazido alguma influência sim. Para formatar o repertório do “Ária”, eu tive que ouvir todo o cancioneiro brasileiro: de Villa-Lobos até os compositores atuais. E foi uma delícia me deparar novamente com essa riqueza que é a música brasileira. Então, suponho que quando voltei a compor posso ter sido influenciado de algum modo por essa pesquisa.

O disco e a turnê marcam o retorno de alguns músicos da sua banda, com quem você não tocava há algum tempo. Como foi o retorno dessa “formação clássica”?

Foi uma alegria, porque marcou a volta de uma convivência musical e pessoal que nós tivemos antes e passamos a ter de novo. São músicos virtuosos, com os quais já tenho um código inteligível musical.

Em “Rua dos Amores” você assina produção e arranjos. Quão importante é para você ter esse controle do processo de trabalho?

A importância é total. Eu passei a arranjar e produzir meus próprios discos na medida em que fui sentindo necessidade de ser íntegro à minha ideia musical. Na mixagem, o produtor leva o disco à ideia final que ele quer.  O arranjo também é crucial. Já aconteceu de eu pedir arranjo a um amigo, não ficar satisfeito e gravar mesmo assim só para não criar saia justa. Então, passei a tomar conta de tudo. Minha música é muito pessoal, então preciso ter esse zelo para que a ideia original não seja maculada.

Falando do show, qual é a música sua que não pode ficar de fora do repertório ao vivo de jeito nenhum?

Existem algumas. Por exemplo, “Flor de Lis”, “Sina”, “Samurai”, “Lilás”. São músicas que sempre voltam aos shows, porque as pessoas gostam de ouvir e eu também amo cantá-las. No repertório desse show toco umas sete músicas novas, mas tem também clássicos de todas as épocas, com arranjos novos. E é legal porque cria um frescor. Fico com a sensação de que estou cantando uma canção nova.

O que o público pode esperar do show em Natal? Alguma surpresa planejada?

Em cada repertório a gente sempre coloca uma ou duas surpresas. São músicas assim, meio “lado B”, que a gente não costuma cantar. Mas como é surpresa, vocês só vão saber durante o show. (risos)

Postado Por www.tribunadonorte.com.br 31/05/2013

Fechar

ABC aposta na força da marcação

Vindo de duas derrotas consecutivas na Série B e tendo pela frente um adversário que nunca conseguiu bater atuando no Frasqueirão participando da competição nacional. Essa situação do ABC, talvez explique a opção do treinador Paulo Porto por escolher o volante Rodrigo Santos para vaga do meia Jean Carioca visando o confronto contra o Ceará, hoje às 21h50, no estádio Frasqueirão.

Saiba Mais

Vindo de duas derrotas consecutivas na Série B e tendo pela frente um adversário que nunca conseguiu bater atuando no Frasqueirão participando da competição nacional. Essa situação do ABC, talvez explique a opção do treinador Paulo Porto por escolher o volante Rodrigo Santos para vaga do meia Jean Carioca visando o confronto contra o Ceará, hoje às 21h50, no estádio Frasqueirão. Na prática a alteração mostra que o comandante alvinegro planeja marcar forte o adversário, em busca de diminuir as chances de um novo resultado negativo, justamente na primeira partida que o clube fará, realmente, como mandante dentro deste Brasileirão.A equipe que realizou uma péssima apresentação na estreia contra o Paraná, quando foi batida por 2 a 0, na visão de Paulo Porto evoluiu diante do Sport, na Ilha do Retiro, porém não teve forças para arrancar pelo menos um empate e agora está numa condição que necessita ganhar os três pontos. A vitória será importante para amenizar o clima de cobrança, enquanto Porto busca encontrar a melhor formação da equipe. Além dos problemas com a falta de resultados positivos, o ABC conta ainda com os problemas de desfalques. O lateral direita Thiaguinho, o lateral-esquerda Alexandre e o atacante Bombinha, todos com potencial de entrar no time titular, estão em tratamento médico e sequer conseguiram estrear pelo clube. Já o meia Jean, virou um problema de última hora por falta de tempo hábil da supervisão do clube registrar o novo contrato do atleta.

Os planos iniciais, seriam entrar com o time bem entrosado e aproveitar essas primeiras rodadas para somar o maior número de pontos possível. Como ele foi frustrado, a meta é tentar se recuperar nessas duas próximas rodadas quando, além do Ceará, também vai enfrentar o Bragantinoem Natal.

O diretor executivo de futebol do alvinegro, Ferdinando Teixeira, afirmou que o clube já tem tudo acertado com mais um atacante, mas não revelou detalhes.

Minhoca e Gladstone estão voltando ao clube. O meio de campo terá de encarar uma polêmica. A esposa de Minhoca postou comentários ofensivos em relação a região Nordeste que foram bastante criticados nas redes sociais. O atleta não se pronunciou sobre o fato, mas os comentários foram retirados da página. A situação da dupla será definida hoje.

Postado Por www.tribunadonorte.com.br 31/05/2013

Fechar

´Super Moura\\\\\\\' morre em Natal vítima de um mal súbito

Foi encontrado morto na manhã dessa quinta-feira (30), José Vitório de Moura, de 78 anos, conhecido no mundo da política como “Super Moura”, vítima de um mal súbito.

Saiba Mais

Foi encontrado morto na manhã dessa quinta-feira (30), José Vitório de Moura, de 78 anos, conhecido no mundo da política como “Super Moura”, vítima de um mal súbito.

Super Moura foi encontrado pelo seu filho, dentro do banheiro de sua residência, no bairro de Nova Cidade. Ele era segundo Sargento reformado da Polícia Militar, e ficou conhecido pela imprensa nacional por suas campanhas bem humoradas.


Postado Por www.jornaldefato.com.br 31/05/2013

Fechar

Após anunciar divórcio, Ticiane e Rafaella devem deixar a mansão de Justus

Após anunciar o fim de seu casamento com Roberto Justus, Ticiane Pinheiro, 37, já está providenciando sua mudança.

Saiba Mais

Após anunciar o fim de seu casamento com Roberto Justus, Ticiane Pinheiro, 37, já está providenciando sua mudança. Segundo a coluna "Retratos da Vida", do jornal "Extra", a apresentadora e sua filha, Rafaella, 3, devem deixar a mansão do publicitário onde viviam, no bairro Cidade Jardim, em São Paulo.

Leia mais:
“Justus sabe que sou malucona”, diz Ticiane Pinheiro
Casamento de Ticiane Pinheiro e Roberto Justus chega ao fim

E não é de agora que Ticiane andava insatisfeita com seu relacionamento. De acordo com uma pessoa próxima ao casal, ela vinha reclamando do gênio difícil do marido há algum tempo. O casamento estaria sendo mantido apenas por aparência.

Em março, surgiram boatos de que Ticiane confessava pelos corredores da Record que seu casamento estava esfriando, e que Justus não demonstrava mais tanto desejo por ela.

Após sete anos de casados, o casal anunciou o divórcio na quinta-feira (30)

Postado Por www.yahoo.com.br 31/05/2013

Fechar

Parnamirim se prepara para Vacinação contra Poliomielite

A primeira etapa da Campanha de Vacinação contra a Poliomielite será realizada no próximo dia 08 de junho, mas os profissionais de saúde de Parnamirim já estão se preparando.

Saiba Mais

A primeira etapa da Campanha de Vacinação contra a Poliomielite será realizada no próximo dia 08 de junho, mas os profissionais de saúde de Parnamirim já estão se preparando. Os enfermeiros do Município participaram de uma reunião hoje (29) durante a qual foram repassados cuidados diversos para a aplicação das vacinas. A meta da Prefeitura de Parnamirim é vacinar 16.267 crianças com idades entre 0 e 6 meses, além daquelas menores de 5 anos.


Estarão envolvidos na vacinação, 420 profissionais distribuídos em 92 postos de vacina fixos e 27 postos volantes. O coordenador de Promoção à Saúde, Moisés Campos, explica que as mães podem levar seus filhos para vacinar em unidades de saúde, e também escolas municipais, supermercados e farmácias que tiverem postos montados para atender à população no Dia “D” (08 de junho). Depois, a Campanha de Vacinação se estenderá até o dia 21 de junho nas unidades de saúde.

Postado Por http://www.parnamirim.rn.gov.br/ 31/05/2013

Fechar

Parnamirim inaugura Centro Pop para atender 25 moradores de rua por dia

A Prefeitura de Parnamirim deu mais um passo para o desenvolvimento da assistência social na cidade ao inaugurar na manhã de hoje, 29, o Centro POP para atender aos moradores de rua.

Saiba Mais

A Prefeitura de Parnamirim deu mais um passo para o desenvolvimento da assistência social na cidade ao inaugurar na manhã de hoje, 29, o Centro POP para atender aos moradores de rua. A unidade coordenada por Maria do Socorro Rodrigues Silveira tem capacidade para atender 25 pessoas por dia, com direito a café da manhã, almoço e jantar. Já o albergue noturno está a cargo de Francisco José Ponte Bezerra.

O descerramento da placa foi feito pelo prefeito Maurício Marques e pela secretária de Assistência Social, Ana Michele Cabral. Na ocasião, a secretária falou sobre as políticas públicas implementadas na atual gestão e que tem possibilidade oferecer um atendimento de excelência à população carente do município. “Não é apenas um albergue noturno. É uma unidade que dará toda a proteção, respeito, capacitação e inclusão social que estas pessoas necessitam”, disse.

O prefeito Maurício Marques explicou que o sonho de se implementar o Centro Pop surgiu em 2009, quando o vereador Valério Felipe Santiago, elaborou a indicação. “Hoje, esse sonho está sendo realizado e vamos poder oferecer o melhor para estas pessoas. É um compromisso assumido e realizado”, disse, abraçando o ex-morador de rua Genival Ferreira de Lima, 67 anos, que desde 2011 vinha sendo atendido pelo CREAS e que a partir de agora receberá a supervisão do Centro POP.

Seu Genival Ferreira de Lima é a prova viva de que a inclusão social é possível. Viciado em crack, abandonado pela família e morador das ruas de Parnamirim, o aposentado conseguiu ajuda no CREAS. “Eu morava em frente ao Mercado Velho. Comia quando me davam e dormia em papelão, com medo de alguém botar fogo em mim”, disse.

Hoje, aposentado e com uma renda fixa, seu Genival Lima recebeu tratamento, alugou uma casa em Rosa dos Ventos e vive dignamente. “Agora é recuperar a família que perdi. Já retomei o contato e se Deus permitir vou arrumar uma companheira”, planeja.

O Centro POP funciona à Rua Manoel Ferreira Neto, 311, no bairro de Monte Castelo. Vai atender pessoas acima dos 18 anos e idosos que morem nas ruas de Parnamirim. O atendimento será humanizado, com acompanhamento psicológico, jurídico, pedagógico, além de oferecer alimentação e higiene pessoal aos abrigados. A unidade conta com equipe técnica (assistente social, advogado, psicóloga e pedagoga) e equipe de apoio (ASG, vigia, motorista, cozinheira e porteiro).

Postado Por www.parnaradio.com.br 31/05/2013

Fechar

Prefeitura decreta ponto facultativo

A Prefeitura de Parnamirim informa que nesta sexta-feira, 31, será ponto facultativo no âmbito do Poder Executivo Municipal.

Saiba Mais

A Prefeitura de Parnamirim informa que nesta sexta-feira, 31, será ponto facultativo no âmbito do Poder Executivo Municipal, em virtude do feriado de Corpus Christi, comemorado na quinta-feira, 30. As repartições prestadoras de serviços essenciais funcionarão normalmente. O Decreto de n° 5.668, assinado pelo prefeito Maurício Marques, foi publicado no Diário Oficial do Município n° 614/2013 do dia 30 de maio de 2013.

Postado Por http://www.parnamirim.rn.gov.br/ 31/05/2013

Fechar

Técnico do América-RN reclama da falta de tranquilidade dos jogadores

Roberto Fernandes ficou irritado com time e disse que \'não adianta chorar o leite derramado\'. Próximo desafio é enfrentar a sequência fora de casa

Saiba Mais

O empate por 1 a 1 com o Icasa, nesta terça-feira, tirou a paciência do técnico do América-RN, Roberto Fernandes. Há sete jogos sem vitória, o comandante rubro disse que a ausência de tranquilidade dos jogadores foi decisiva para que o resultado positivo não fosse conquistado.

- O nosso problema é a falta de tranquilidade durante o jogo. Fizemos tudo para ter essa tranquilidade, que foi o gol no início do jogo, mas depois sofremos o empate. Voltamos para o segundo tempo e não conseguimos a vitória. Agora é ter tranquilidade, porque já vimos muitas equipes fazerem um pouco menos e conseguirem a vitória. Agora não adianta chorar o leite derramado, precisamos fazer o nosso trabalho. Não podemos vacilar porque a competição é longa. Estamos sem algumas peças, mas mesmo assim não podemos vacilar desta forma - disse Roberto Fernandes à Rádio Globo Natal.

O gol de empate do Icasa surgiu após uma confusão na pequena área e, segundo o goleiro Rodrigão, a iluminação do Estádio Barretão, em Ceará-Mirim, atrapalhou na saída do gol.- O Dida já havia reclamado no jogo passado e agora o Rodrigão também reclamou sobre a iluminação. Vamos avaliar isso e levar à organização do estádio - reclamou Roberto, que também se irritou com a arbitragem durante a partida (veja vídeo ao lado).

Sem tempo para lamentar o tropeço desta noite, na sexta-feira, o América-RN encara o Paysandu fora de casa, na Arena Verde, em Paragominas. Na sequência, o time rubro encara o Joinville na terça-feira, em Santa Catarina.

- Vamos pegar uma sequência de dois jogos fora de casa e precisamos saber nos acostumar a essa rotina. Vamos pegar o Paysandu e depois o Joniville. Vamos ter paciência e trabalhar muito para conquistar a nossa primeira vitória - conclui.

Postado Por www.globo.com.br 29/05/2013

Fechar

Sport desencanta e bate o ABC na Ilha do Retiro com drama no fim

Na estreia de Marcelo Martelotte, Leão quebra a sequência de derrotas. Bola na trave nos últimos minutos quase dá empate ao time potiguar

Saiba Mais

Cinco derrotas depois, o Sport voltou a vencer. Na noite desta terça-feira, o Leão deu o troco ao ABC na Ilha do Retiro. A vitória por 1 a 0 amenizou a crise instalada no Rubro-Negro pernambucano, derrotado pelo Icasa na estreia da Série B e eliminado pelo próprio ABC na Copa do Brasil, uma semana antes. Sem falar na perda do título estadual para o Santa Cruz.

O resultado desta terça coroou a estreia do técnico Marcelo Martelotte, que havia prometido uma nova postura do Sport. Se o futebol ainda não foi o esperado, o placar, ainda que magro, traz certa tranquilidade para que o novo comandante, ex-Santa Cruz, possa desenvolver seu trabalho. A crise mudou de lado.Sete dias depois de eliminar o Sport dentro do Recife, o ABC amargou a segunda derrota consecutiva na Série B. Na estreia, o time potiguar caiu diante do Paraná, em João Pessoa - não pode jogar no Frasqueirão por conta de uma punição. Sexta-feira, o Sport visita o Figueirense, no Orlando Scarpelli, enquanto o ABC encara o Ceará, no Frasqueirão.Depois de um bom início, o time rubro-negro se desencontrou. Mesmo na tentativa de abafa nos primeiros 15 minutos, o Leão teve apenas uma boa chance de gol, com Felipe Azevedo, aos 9. Lopes fez excelente defesa. O ABC foi quem criou as melhores oportunidades da primeira etapa, duas vezes com Alvinho.

Aos 32, o atacante exigiu grande defesa de Magrão em uma cabeçada dentro da área. O goleiro rubro-negro apareceu de forma decisiva. No lance seguinte, a defesa do Sport parou após cobrança de falta desviada na barreira. Alvinho saiu cara a cara com Magrão, mas chutou fraco. 

Ao fim do primeiro tempo, Marcelo Martellote reconheceu a entrega do time rubro-negro e avaliou como natural a queda de rendimento. A falta de pelo menos um gol atrapalhou o desenvolvimento do jogo do Sport na opinião do comandante. Na verdade, faltou criar mais.  O maior volume do início em nenhum momento se tornou efetivo. O torcedor cobrou com vaias.Em campo, a resposta dos jogadores veio como a torcida mais queria. Logo aos dois minutos da segunda tapa, o Sport abriu o placar. Após boa jogada do jovem Welton pela direita, Felipe Azevedo finalizou em cima da zaga do ABC, e a bola sobrou limpa na área. Oportunista, o zagueiro Gabriel apareceu para estufar a rede de Lopes. Gol do alívio na Ilha do Retiro. Apenas o terceiro do Leão nos últimos cinco jogos.


O decorrer da partida seguiu sem maiores emoções. O ABC aceitou passivamente a derrota. Carrasco do Sport uma semana antes, quando marcou duas vezes na vitória por 3 a 2, pela Copa do Brasil, o atacante Rodrigo Silva foi quase uma peça nula. Do outro lado, Nunes, inoperante, tirou a paciência da torcida. Acabou substuído por Erico Júnior, da base, que ao menos deu mais movimentação ao setor ofensivo do Sport. 

Aos 36, Rithely poderia ter matado o jogo. O volante rubro-negro invadiu a área adversária, livre de marcação, mas demorou a chutar e perdeu ângulo. Três minutos depois, Rodrigo Silva, enfim, apareceu. A cabeçada na área explodiu na trave de Magrão, e o torcedor do Sport prendeu a respiração. Só soltou com o apito final do árbitro.

Postado Por www.globo.com.br 29/05/2013

Fechar

ABC leva a melhor em batalha judicial contra zagueiro Ben-Hur

Jogador do Crac queria receber indenização correspondente ao período de estabilidade por acidente de trabalho, quando defendeu o clube em 2009.

Saiba Mais

A Terceira Turma do Tribunal Superior do Trabalho manteve decisão que negou ao zagueiro Ben-Hur, que defendeu o ABC entre 2007 e 2009, a pretensão de receber indenização correspondente ao período de estabilidade por acidente de trabalho. O atleta ficou afastado dos treinamentos e jogos devido ao rompimento dos ligamentos do joelho direito, mas o entendimento foi o de que a estabilidade era incompatível com seu pedido de desligamento do clube, ocorrido no mesmo período.

Ben Hur, que atualmente defende o Crac, contou na reclamação trabalhista que sofreu a lesão no joelho em setembro de 2009, durante um exercício no centro de treinamento do ABC, em Natal. Após tratamento médico, foi submetido a uma cirurgia para reparação do ligamento e ficou afastado de outubro de 2009 a março de 2010, data em que deu ciência ao clube do fim de concessão do auxílio acidentário em razão de alta médica.O Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região, no RN, manteve a sentença por constatar, ao analisar a documentação apresentada, que havia incongruência dos pedidos do atleta - que ao mesmo tempo pleiteou o direito à estabilidade provisória e requereu "com urgência" a liberação do contrato celebrado com o clube junto à Federação Norte-rio-grandense de Futebol. O Regional observou que o atleta provavelmente já estava com a saúde restabelecida e pretendia desvincular-se do ABC, uma vez que ajuizou a reclamação trabalhista uma semana após pedir a suspensão do benefício previdenciário. Na mesma ação, pedia a antecipação de tutela para que fosse expedido mandado de liberação do contrato entre ele e o ABC.

Ao analisar o agravo de instrumento, por meio do qual o atleta pretendia que o TST examinasse seu recurso de revista, o relator, ministro Maurício Godinho Delgado, lembrou que, como regra geral, as causas de suspensão dos contratos por prazo determinado servem, no máximo, para prorrogar a data de seu término. Os afastamentos por acidente de trabalho ou doença profissional, porém, podem constituir exceções e garantir a estabilidade ao trabalhador ou a indenização correspondente. No caso, porém, o relator considerou que a exceção não se aplicava, devido à incongruência dos pedidos do jogador, que pretendia a indenização por estabilidade e, ao mesmo tempo, sua liberação, com a nítida impressão de que pretendia deixar o clube. Caso contrário, como ressaltou o TRT-RN, ele teria pedido a tutela antecipada para que fosse determinada, com urgência, a sua reintegração com base na estabilidade provisória, e não o contrário, como fez.

Segundo o TST, no processo, Bem Hur apresentou documentação comprovatória da celebração de quatro contratos de trabalho com o ABC, o último com término em 30 de novembro de 2009. O jogador entendia que possuía à época do acidente de trabalho contrato por prazo indeterminado e pediu o reconhecimento da estabilidade mínima de 12 meses, prevista no artigo 118 da Lei nº 8.213/91 (Lei de Benefícios da Previdência Social).

O ABC, em sua defesa, sustentou que o contrato do jogador, por prazo determinado, teria terminado no ano anterior, mas ficara suspenso por causa do benefício previdenciário. De acordo com o clube, não houve rescisão contratual: a ruptura teria ocorrido por culpa do atleta, que, após a alta da Previdência Social, teria abandonado o clube, informando que não mais compareceria para treinamentos e jogos, pois iria atender a convite feito por outro clube, de Santa Catarina. Para o clube, o atleta deixou de cumprir suas obrigações contratuais "com visível intenção de obter vantagem financeira de forma ilícita", na medida em que pediu por conta própria a suspensão 20 dias antes do término da última prorrogação de auxílio-doença, pois queria assinar um contrato com outro clube de futebol.

A 2ª Vara do Trabalho de Natal negou o pedido de indenização feito pelo atleta, argumentando que não havia como integrar a estabilidade acidentária aos contratos de trabalho com duração certa, pois os efeitos da percepção do auxílio doença acidentário nesta modalidade de contrato não se estendem após a sua suspensão.

Postado Por www.globo.com.br 29/05/2013

Fechar

Prazo para pagar taxa do Enem termina nesta quarta-feira

Taxa de R$ 35 deve ser paga no Banco do Brasil durante horário bancário. Na terça, ministro disse que 2,1 milhões ainda não tinham feito pagamento.

Saiba Mais

Os estudantes que fizeram inscrição na edição de 2013 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) têm até o fim do horário bancário desta quarta-feira (29) para pagar a taxa de R$ 35. Segundo o ministro da Educação Aloizio Mercadante, esse prazo não será prorrogado, e quem não fizer o pagamento não fará o Enem.

Na tarde desta terça-feira (28), ele disse que 2.181.145 de inscritos no exame ainda precisavam pagar a taxa. "Esses 2.181.145 têm que pagar R$ 35 até amanhã para poder confirmar a sua matrícula, se não o fizerem não poderão participar do Enem", disse ele em entrevista coletiva, em Brasília, para comentar o balanço final das inscrições do Enem.

Esse número representa 27,8% dos 7.834.024 inscritos. As inscrições foram encerradas às 23h59 desta segunda-feira (27). O número é recorde na história de 15 anos do exame do MEC, e 26% maior que o do ano passado. Em 2012, 6.495.446 se inscreveram, segundo o ministro, e 5.971.290 confirmaram a inscrição, números recorde até então. As provas serão nos dias 26 e 27 de outubro.

Mercadante chamou a atenção para a mania de o brasileiro deixar tudo para a última hora. Segundo ele, no último dia de prazo, 1.718.144 de candidatos se inscreveram (21,8% do total), sendo que mais de 1 milhão de candidatos se inscreveram nas últimas quatro horas do prazo, com média de 3 mil inscrições por minuto. "O Enem requer planejamento, inclusive de quem vai fazer a prova", destacou. "No ano passado, muitos candidatos deixaram para ir para o local de prova na última hora e encontraram os portões fechados. Outros esqueceram os documentos e não puderam entrar. É preciso se planejar", disse o ministro.Mercadante afirmou que o número de concluintes do ensino médio inscritos no exame já está próximo com a quantidade total de estudantes nesta situação, de acordo com o Censo Escolar. “É muito positivo, o Enem virou quase um objetivo universal dos estudantes do ensino médio no Brasil”, contou ele. Segundo Mercadante, 1,6 milhões de alunos do ensino médio regular estão inscritos no Enem.

Mais de 7 mil gestantes
Segundo o balanço, com o recorde de inscrições veio o crescimento de inscritos em todos os itens de necessidades especiais, como provas em braile ou com letra em tamanho maior e mesas para deficientes físicos. Mercadante apontou para o grande crescimento no número de gestantes e lactantes inscritas no exame.

No caso das mulheres grávidas, são 7.821, contra 1.220 no ano passado. As lactante são 11.521 inscritas; em 2012, foram 2.031. “O crescimento de lactantes e gestantes é uma coisa impressionante, e nós temos que preparar isso aqui, vamos entrar em contato com quem é que está na fase final de gravidez, ou gravidez de risco.” O número de idosos inscritos no Enem também mais que dobrou, de 263 para 573.

Inscritos por estado
A Região Sudeste responde por 36% dos inscritos, seguida do Nordeste, com 32%, do Sul, com 13%, da Região Norte, com 10%, e do Centro-Oeste, que teve 9% dos inscritos. A distribuição de candidatos é parecida com a do ano passado.

O estado com o maior número de inscritos é São Paulo, com 1,23 milhão de inscrições. Porém, segundo Mercadante, o Amapá foi o estado onde mais aumentou a procura pelo Enem. O número total de inscritos no estado foi 56,36% maior que na edição de 2012.

O número de candidatos que declararam interesse em fazer o Enem para conseguir a certificação do ensino médio  foi de 849.058, disse o ministro.

Ataque de hackers
Pela manhã, Mercadante afirmou que o site do Enem foi alvo de dois ataques de hackers ao longo do período de inscrições, mas que não chegaram a prejudicar o funcionamento do sistema de inscrições. O MEC afirma que estes ataques não têm relação com o erro apresentado na madrugada desta segunda-feira, quando a frase "inscrições encerradas" apareceu na página do Enem.

"Um de pequeno porte e um de médio porte, exatamento no último, mas foram debelados, o sistema é bastante forte. O ataque não teve nenhuma eficácia, não prejudicou o andamento, a evolução do sistema."

Criado em 1998, o Enem tem suas notas usadas no processo seletivo do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para vagas em universidades e institutos federais. O exame já tinha sido adotado em sua totalidade por várias universidades de destaque como a UFRJ e UFF, e nesta edição substituirá os vestibulares da UFMG, UnB, UFJF, Ufes e UFRN, entre outras.O Enem também é usado para o candidato pedir bolsa de estudos pelo Programa Universidade para Todos (Prouni), solicitar benefícios do Programa de Financiamento Estudantil (Fies), e obter certificado de conclusão do ensino médio. Também será usado nos programas de bolsa de estudos (Prouni) e de financiamento estudantil (Fies), entre outros programas do Ministério da Educação, como o Ciência sem Fronteiras.







Postado Por www.globo.com.br 29/05/2013

Fechar

Alunos de Parnamirim descobrem a magia do cinema

Mais de 700 alunos de escolas municipais estão tendo a oportunidade hoje (24) e amanhã (25) de apreciar gratuitamente um pouco da Sétima Arte.

Saiba Mais

Mais de 700 alunos de escolas municipais estão tendo a oportunidade hoje (24) e amanhã (25) de apreciar gratuitamente um pouco da Sétima Arte. O projeto Ultragaz Cultural trouxe a Parnamirim o seu caminhão-cinema que exibirá longas-metragens em dez sessões, difundindo cultura de qualidade para as crianças e a população em geral. Uma experiência especial para muitos dos estudantes das escolas Jussier Santos, Maria de Jesus e Jacira Medeiros, já que a maioria nunca foi ao cinema. Parnamirim é a única cidade do Rio Grande do Norte a receber o projeto este ano, e a 14ª do país no roteiro de 2013. 

A estrutura está montada na Avenida Getúlio Vargas, em frente ao Mercado Municipal e chama atenção de quem passa. Dentro da carreta está uma sala de projeção premium com 89 lugares e ótima qualidade de som e imagem, o primeiro cinema móvel do mundo com alto padrão de tecnologia. Para muitos, talvez não seja nenhuma novidade, mas o “segredo” guardado dentro do caminhão é uma bela surpresa para crianças como Nadson Matias Bezerra, 10 anos, aluno do 5º ano na E.M. Maria de Jesus: ele nunca foi ao cinema. Na fila, aguardando a entrada de sua turma, o estudante disse que nem imaginava como seria lá dentro.

Ao entrar na sala, as crianças recebem pipoca e refrigerante. Todo o material é reciclável e é doado para cooperativas de reciclagem das cidades por onde passa. No final, os alunos ganham uma miniatura montável do caminhão-cinema, como lembrança da experiência.

A diretora da Maria de Jesus, Ladyjane Fátima de Azevedo, explica que após o passeio, um trabalho interdisciplinar será realizado com os alunos tomando como base o filme. O projeto oferece dez filmes diferentes e, em Parnamirim, serão exibidos “A Era do Gelo IV”, “O Grande Milagre”, “A Origem dos Guardiões”, “Valente”, “O Palhaço” e “Gonzaga – de Pai para Filho”. Os títulos foram escolhidos pelos próprios alunos através de votação.

 

PROJETO

Este é o sexto ano consecutivo do projeto Ultragaz Cultural que já chegou a mais de 98 mil pessoas em 77 cidades de 23 estados brasileiros. Em anos anteriores, o Rio Grande do Norte foi beneficiado nas cidades de Natal e Mossoró. Ao todo, foram mais de 1 mil sessões de cinema, reduzindo uma carência comum em vários municípios: de acordo com dados do Ministério da Cultura, cerca de 90% das cidades no país não possuem cinema. 


Postado Por http://www.parnamirim.rn.gov.br 27/05/2013

Fechar

Papa Francisco critica casais que têm apenas um filho \'por conforto\'

Pontífice criticou cultura atual do \'conforto\', do \'bem-estar\' e do \'provisório\'. Segundo ele, casais deixam de ter filhos para poder viajar ou comprar casa.

Saiba Mais

O Papa Francisco criticou nesta segunda-feira (27) a cultura do "conforto" e do "provisório", alfinetando os casais católicos que desejam apenas um filho para poder continuar a "viajar de férias" ou "comprar uma casa".

"Quantos casais se casam e pensam em seu coração, sem ousar dizer: \'enquanto houver amor e, então, veremos depois\'", observou Francisco durante a missa matinal.O Papa se colocou no lugar de um pai católico de hoje: Não, eu não quero mais um filho, porque não poderemos viajar de férias, não poderemos ir a tal lugar, não poderemos comprar uma casa! (...) Nós queremos seguir o Senhor, mas até certo ponto".

"O bem-estar nos anestesia, nos faz mergulhar, nos tira a coragem de ir até Jesus. É a principal riqueza da cultura de hoje, a cultura do bem-estar", lamentou.

O Papa, que co-celebrou a missa com o cardeal Philippe Barbarin, arcebispo de Lyon, na capela da Casa Santa Marta, onde reside, falou de um "fascínio pelo provisório".

Francisco retomou fielmente, mas em termos concretos que podem estar na mente das pessoas, temas que seu antecessor Bento XVI expunha em termos abstratos: casamento concebido como temporário, medo de compromisso, preguiça e recusa de abandonar seu conforto pessoal.

Postado Por www.globo.com.br 27/05/2013

Fechar

ABC decide vaga contra o Goiás em casa pela 3ª fase da Copa do Brasil

A Confederação Brasileira de Futebol definiu nesta segunda, após sorteio na sede da entidade, a ordem dos jogos da terceira fase da Copa do Brasil. O ABC decide sua vaga nas oitavas de final em casa, diante do Goiás.

Saiba Mais

A Confederação Brasileira de Futebol definiu nesta segunda, após sorteio na sede da entidade, a ordem dos jogos da terceira fase da Copa do Brasil. O ABC decide sua vaga nas oitavas de final em casa, diante do Goiás.

A CBF agora só vai definir as datas dos duelos, que podem acontecer nos dias 3, 10, 17 e 24 de julho. A competição será paralisada em virtude da realização da Copa das Confederações.

Vale lembrar que a partir das oitavas de final, em agosto, o Vasco e mais cinco clubes que disputam a Libertadores (Atlético-MG, Corinthians, Fluminense, Palmeiras e São Paulo), independentemente de estiveram fora ou não, entram na disputa e completam os 16 times.

Botafogo, Internacional e Santos, segundo a tabela, decidem fora de casa contra Figueirense, América-MG e Crac-GO, respectivamente.

Postado Por www.jornaldefato.com.br 27/05/2013

Fechar

Projeto Sorrindo no São João traz grandes nomes do humor ao Cidade Junina

O Mossoró Cidade Junina que anima os mossoroenses têm várias atrações para os frequentadores do evento no mês de junho. Um dos projetos mais atrativos da festa junina é o Sorrindo no São João que vem com grandes nomes do humor que farão a alegria nesta edição de 2013.

Saiba Mais

O Mossoró Cidade Junina que anima os mossoroenses têm várias atrações para os frequentadores do evento no mês de junho. Um dos projetos mais atrativos da festa junina é o Sorrindo no São João que vem com grandes nomes do humor que farão a alegria nesta edição de 2013.

A Secretária de Cultura já definiu os nomes das principais atrações deste ano para se apresentar na Praça de Eventos.

No dia 15 de junho, quem se apresenta é o humorista Alex Nogueira. No dia 22, que vai se apresentar na Praça de Eventos será as Coroas, da Companhia Paraibana de Comédia. No dia 29, a Praça de Eventos receberá toda a irreverência Zé Lezim.

O coordenador do projeto Jocelito Góis afirmou que neste ano também haverá o concurso de humor. Para quem quiser participar do concurso de humor as inscrições começarão após a realização do ‘Pingo da Mei Dia’ que será no dia 8 de junho.

Com informações da Assessoria da Prefeitura.

Postado Por www.jornaldefato.com.br 27/05/2013

Fechar