Parnaradio - A Radio Mais Eclética da Web
More Website Templates @ TemplateMonster.com. April 02, 2012!

JOGANDO NO EDGARZÃO, POTIGUAR E SANTA CRUZ EMPATARAM EM 1X1.

Jogo foi realizado no Estádio Edgarzão devido à punição imposta ao time mossoroense. Paulo Ricardo marca para o Potiguar, e Alvinho para o Santa Cruz.

Saiba Mais

Potiguar de Mossoró e Santa Cruz-RN empataram por 1 a 1 neste domingo, em partida realizada no Estádio Edgarzão, em Assú. O confronto serviu apenas para cumprir tabela, já que as equipes não tinham mais chances de chegar à final do primeiro turno do Campeonato Estadual.

O Potiguar de Mossoró finalizou o turno com oito pontos, na quinta posição, enquanto o Santa Cruz, com cinco pontos, aparece na sexta colocação. As duas equipes brigam pela vaga do Rio Grande do Norte para a Série D do Brasileiro, que será dada ao time que somar mais pontos em todo o Estadual.

O jogo deste domingo foi disputado no Edgarzão, em Assú, devido à punição imposta ao Potiguar pelo Tribunal de Justiça Desportiva, com a perda de um mando de campo.

Os gols da partida só foram marcados no segundo tempo. O Potiguar saiu na frente com Paulo Ricardo, aos dois minutos. O empate do Santa veio aos 26, com o atacante Alvinho.

Postado Por GUIMARÃES - REPORTAGEM PRÓPRIA. 24/03/2013

Fechar

CORINTIANS DERROTA BARAÚNAS E VAI DECIDIR O TITULO DO PRIMEIRO TURNO COM O AMÉRICA.

Galo do Seridó termina primeira fase na segunda posição, e decide fora de casa. Didi fez o gol da classificação, aos 45 minutos do primeiro tempo.

Saiba Mais

O Corintians-RN vai decidir o título do primeiro turno do Campeonato Potiguar com o América-RN. O Galo do Seridó assegurou vaga na final ao bater o Baraúnas por 1 a 0, neste domingo. O gol da vitória e da classificação foi marcado pelo atacante Didi, aos 45 minutos do primeiro tempo. O duelo foi realizado no Estádio Marizão, em Caicó.

Com 16 pontos, o Corintians terminou na segunda posição, atrás do América-RN, que levou vantagem no saldo de gols. A primeira partida da decisão está marcada para quarta-feira, no Estádio Marizão, em Caicó. O segundo confronto será no Estádio Nazarenão, em Goianinha, no próximo domingo.

O primeiro jogo será quarta-feira (27/03/2013) ás 20h30 no Marizão. O segundo jogo está marcado para o próximo domingo (31/03/2013) no Nazarenão ás 17hs. Detlalhe é que o Amnérica pode pedir mudança do horário do jogo. 

Postado Por GUIMARÃES - REPORTAGEM PRÓPRIA. 24/03/2013

Fechar

ABC MASSACRA ASSU, MAIS FICA DE FORA DA DECISÃO DO PRIMEIRO TURNO.

Time alvinegro realiza grande atuação no Estádio Frasqueirão, elimina o Assu da decisão, mas fica atrás de América-RN e Corintians-RN na tabela.

Saiba Mais

O ABC goleou o Assu por 5 a 0 neste domingo, mas o bom resultado não adiantou de nada. As duas equipes acabaram ficando fora da final do primeiro turno do Campeonato Potiguar. Rodrigo Silva (2), Jheimy, Júnior Xuxa e Júnior marcaram os gols do time alvinegro. A partida foi realizada no Estádio Frasqueirão.

Com 13 pontos, o ABC encerra sua participação na terceira posição, enquanto o Assu, com a mesma pontuação, fica em quarto lugar. A decisão será entre América-RN e Corintians-RN, que também venceram na rodada deste domingo.

O jogo

O time assuense teve a chance de abrir o placar aos cinco minutos. Juninho Bahia deu excelente passe para Paulinho, que avançou livre, mas chutou mal. Rafael fez a defesa e salvou o ABC.

O castigo para o Assu veio três minutos depois. Jean Carioca lançou Jheimy, que tocou para Rodrigo Silva desviar de Dida e marcar.

Aos 21 minutos, Júnior Xuxa fez grande jogada e foi derrubado na grande área. Pênalti. Rodrigo Silva cobrou com tranquilidade e ampliou. Ainda no primeiro tempo, Jheimy recebeu de Jean Carioca e marcou o terceiro gol do ABC.

Com a vitória já consolidada e com o adversário batido, os donos da casa marcaram mais uma vez com Júnior Xuxa, aos quatro minutos da segunda etapa. O camisa 10 alvinegro cabeceou para as redes após bom cruzamento de Jean Carioca. Quem fechou a goleada foi o centroavante Júnior, que havia substituído Jheimy, aos 46 minutos. Foi o primeiro gol do jogador com a camisa do ABC.

O ABC agora vai ficar dez dias se preparando para o segundo turno. 

Postado Por GUIMARÃES - REPORTAGEM PRÓPRIA. 24/03/2013

Fechar

AMÉRICA VENCE ALECRIM E SE CLASSIFICA EM PRIMEIRO

O garoto das base, Índio Oliveira é decisivo e leva o alvirrubro para a final do primeiro turno, contra o Corintians-RN. Clássico foi realizado no Ninho do Periquito

Saiba Mais

O América-RN está na final do primeiro turno do Campeonato Potiguar 2013. O time rubro levou a melhor no clássico contra o Alecrim e, com a vitória por 2 a 0, garantiu a classificação neste domingo. Os dois gols foram marcados pelo atacante Índio Oliveira, de apenas 19 anos. A partida foi realizada no Estádio Ninho do Periquito, em São Gonçalo do Amarante.

O Mecão termina a primeira fase na liderança, com 16 pontos, levando vantagem no saldo de gols diante do Corintians-RN, que venceu o Baraúnas neste domingo e se classificou em segundo lugar.

A primeira partida da final está marcada para quarta-feira, no Estádio Marizão, em Caicó. O segundo confronto será no Estádio Nazarenão, em Goianinha, no próximo domingo.

O jogo

O América-RN parecia jogar em casa, tendo em vista que a maioria dos torcedores vestia vermelho no Ninho do Periquito. A partida começou com o Mecão buscando mais o ataque, já que o time precisava vencer para garantir a classificação. Logo aos oito minutos, Netinho, que foi escalado como lateral-esquerdo, tentou chutar de fora de área, mas Claiton, melhor jogador do Alecrim no primeiro tempo, afastou o chute.

Do lado do Alecrim, a maioria das bolas passava pelos pés de Claiton e Ruy Cabeção, os principais responsáveis pela criação de jogadas do alviverde. Aos 18 minutos, Ruy levantou a bola na área e encontrou Felipe Moreira. O camisa 9 alecrinense finalizou bem de cabeça, mas Dida fez a defesa.

Mostrando maior volume de jogo, não tardou até que o América-RN abrisse o placar. Aos 27 minutos, Índio Oliveira recebeu bola de Cascata, ganhou dos dois zagueiros do Alecrim e bateu na saída do goleiro Rodrigues. Na sequência do gol, o Alecrim tentou responder com Felipe Moreira, mas a bola passou ao lado direito do gol de Dida.

O Alecrim quase chegou ao empate com Rico, aos 37 minutos. Em cobrança de falta de Ruy, a bola resvalou na defesa americana, e na volta o camisa 7 alviverde bateu de primeira. Dida teve dificuldade para espalmar para a linha de fundo.

Para saber dos outros resultados da rodada, o América-RN atrasou um pouco no retorno para o segundo tempo. Em campo, o time continuou bem. Cascata e Tiago Adan criaram boas chances, e pararam no goleiro Rodrigues. O segundo gol só veio aos 15 minutos, novamente com Índio Oliveira. O atacante de 19 anos ainda teve a chance de ampliar, mas cabeceou para fora, aos 23 minutos. O Mecão administrou bem a partida até o fim. No final, Felipe Moreira, do Alecrim, ainda foi expulso.

O América jogou e venceu com: Dida, Norberto, Índio, Edson Rocha e Netinho; Ricardo Baiano, Daniel, Fabinho e Cascata (Bruno); Tiago Adan (Taibeson) e Índio Oliveira (Alemão). Com a entrada de Bruno, netinho voltou para a sua posição normal (meio de campo), Taiberson e Alemão entraram mais não acrescentaram nada. 

O Alecrim perdeu com:  Rodrigues, Maneco, Allan, Robson e Marcinho; Elton, Ruy Cabeção, Claiton (Pedro Ivo) e Renatinho (Juninho Cearense); Rico e Felipe Moreira. Detalhe é que Juninho Cearense foi substituido por contusão pelo jogador Wigor.

A arbitragem esteve sobre o comando de Flávio Roberto Sales de Lima, seus auxiliares foram Luiz Carlos Câmara Bezerra e Flávio Gomes Barroca. 


Postado Por GUIMARÃES - REPORTAGEM PRÓPRIA. 24/03/2013

Fechar

HOSPITAL JOÃO MACHADO SOFRE COM FALTA DE ESTRUTURA

Hospital João Machado sofre com a falta de estrutura. O Governo do Estado do RN, menospreza os doentes mentais.

Saiba Mais

O pronto socorro do hospital público referência no tratamento de doenças mentais no Rio Grande do Norte, Hospital Doutor João Machado, sofre, constantemente com a superlotação de pacientes. A unidade que chegou a contar com mais de 300 leitos, hoje dispõe apenas de 130 leitos, sendo 35 destinados ao pronto socorro. No entanto, a falta de vagas não é o único problema no setor. A estrutura física do prédio é antiga e bastante deteriorada. No pronto socorro, o espaço físico já não suporta mais a alta demanda de pacientes e os profissionais reclamam das precárias condições de trabalho. Há mais de um ano, a direção do hospital luta para transferir o pronto socorro para uma área onde funcionava a clínica médica para o Hospital Walfredo Gurgel. Hoje, o processo encontra-se na Secretaria Estadual de Infraestrutura, mas ainda não há previsão de quando esta mudança será feita.

Na manhã desta quinta-feira (21), a situação do Pronto Socorro estava complicada, pois os 35 leitos estavam ocupados, muito embora a situação normalmente seja mais caótica. Segundo a direção do Hospital, há dias em que além dos 35 pacientes internados no PS, há uma média de 15 a 20 pacientes extras, esperando, muitas vezes, nos chamados “leitos-chão”. Hoje, eram 18 pacientes, sendo que 14 homens e quatro mulheres, aguardando um leito, e 17 pacientes, sendo 9 femininos e 8 masculinos, em observação. Isto porque para quem precisa de atendimento psiquiátrico tanto em Natal, quanto nos municípios do Rio Grande do Norte, só há um caminho a seguir: o pronto socorro do Hospital João Machado.

O coordenador do pronto socorro do João Machado, o psiquiatra Felipe Teodoro Gurgel, considera que a situação da manhã desta quinta-feira é de superlotação, mas a situação já esteve mais caótica. Segundo o médico, os leitos masculinos estão acima da capacidade, mas os leitos femininos estão sob controle. “A situação é uma média de 15 a 20 pacientes aguardando vagas por dia. Isso mostra que há uma deficiência de pelo menos 15 leitos. A situação hoje não está boa, está apenas menos ruim, pois já chegou a ter mais de 50 pacientes aqui. Esperamos por uma promessa de reforma há mais de três anos, mas ainda não saiu do papel”, desabafa o coordenador.

O Governo do Estado está realizando uma reforma nas dependências do Hospital João Machado, no entanto, esta obra que já está em fase adiantada, nada tem a ver com a atenção a saúde psicossocial. O Governo investiu mais de R$ 967 mil para reformar parte do Hospital João Machado para abertura de 33 leitos clínicos de retaguarda para o Hospital Walfredo Gurgel. Enquanto isso, o atendimento psiquiátrico é realizado nas dependências do João Machado em condições precárias e não há nenhuma perspectiva de quando haverá uma reforma na estrutura física da unidade. O diretor administrativo e financeiro do João Machado, Eugênio Pacelli conta que ontem esteve na Sesap e foi informado que o processo de reforma e transferência do Pronto Socorro encontra-se na Secretaria de Infraestrutura para atualização do orçamento e, em seguida, entrará na fase de licitação.

“Estamos há três anos sem poder fazer nenhum investimento, por falta de recursos. Somos a única urgência psiquiátrica do Rio Grande do Norte, o final da linha no atendimento e fomos completamente excluídos do processo. A reforma que estão fazendo em nada tem a ver com as melhorias que pleiteamos, há anos, para o nosso hospital”, destacou o diretor administrativo e financeiro do Hospital João Machado.

A diretora Myrna Chaves reconhece que a situação precária da estrutura física do Pronto Socorro do João Machado e confirma a luta para transferi-lo para onde funcionava a clínica médica do Hospital Walfredo Gurgel. “Estamos na luta, pois os servidores têm reclamado bastante, para podermos oferecer uma assistência mais digna aos nossos pacientes e uma condição de trabalho mais digna para os nossos funcionários. Espero que o novo secretário seja sensível a nossa causa. Estamos nessa esperança, não iremos ampliar o número de leitos, mas iremos melhorar consideravelmente a estrutura”, afirmou a diretora geral.

O número de leitos de internação para o tratamento de doentes mentais no Rio Grande do Norte é quatro vezes menor do que recomenda a Organização Mundial de Saúde (OMS). O Estado conta hoje com 718 leitos, quando o ideal, seguindo a proporção de um leito para cada grupo de mil habitantes, seria de, pelo menos, 3.168 vagas. A tendência que se apresenta aponta para uma diminuição no número de leitos. O problema, de acordo com a direção do hospital, agravou-se nos últimos anos. O motivo é a portaria 3.088/11, do Ministério da Saúde (MS), que orienta para o fechamento de leitos em hospitais psiquiátricos tradicionais. A diretora geral do João Machado, Myrna Chaves criticou a política do Ministério da Saúde.

“Com essa nova política do Ministério da Saúde em relação à saúde mental, eles não querem mais investir em hospitais psiquiátricos. Estão priorizando leitos psiquiátricos em hospital geral, incentivando com o preço pago com a diária, chegando a ser quase seis vezes maior do que a paga no hospital especializado”, destacou Myrna Chaves. A diária paga pelo MS a pacientes do João Machado é de R$ 49, já em hospitais gerais esse valor chega a R$ 300. A diretora disse que para a Sesap não há o interesse em fechar o Hospital João Machado, mas teme que a unidade seja transformada em um hospital geral. “Tememos que transformando em hospital geral haja redução da quantidade de leitos psiquiátricos e isso não pode acontecer, pois quem vai sofrer com isso é a população do SUS, que serão os grandes prejudicados”, destacou a diretora Myrna Chaves.

A diretora Myrna Chaves acredita que o pronto socorro do João Machado continua superlotado porque os serviços substitutivos extrahospitalares não funcionam a contento, nem numericamente, nem com qualidade. “Inclusive o CAPS III, que era o único Centro de Atenção Psicossocial que funcionava com leitos de internação e dava cobertura a este serviço não está funcionando e, com isso, toda a demanda é absorvida pelo hospital. Os pacientes dependentes de álcool e drogas ainda são maioria e estão aumentando a cada dia”, destacou. “Outro grande problema é a regulação dos pacientes que é lenta. Os pacientes demoram a conseguir a vaga, para cá ou para o Hospital Severino Lopes (que dispõe de 160 leitos destinados ao SUS). Há uma fila de espera que termina tumultuando tudo”, destacou. Além disso, Myrna Chaves conta que foi contrária ao atendimento ambulatorial na unidade, há mais de três anos, que atendia cerca de 500 pacientes por mês. “Se os atendimentos extrahospitalares funcionassem bem, muitas necessidades de internações seriam eliminadas. Agora, se não tem isso, corre para o único local que as portas estão abertas, que é o PS do João Machado”, destacou a diretora médica Regina Miranda.

Postado Por TRANSCRITO DO JH 22/03/2013

Fechar

O SOL PODE VOLTAR A BRILHAR PARA PRESOS

AS TRÊS MAIORES UNIDADES DO INTERIOR FORAM ALVOS DE INTERDIÇÃO NA ÚLTIMA SEMANA.

Saiba Mais

O Governo do Estado volta a se reunir na tarde de hoje com o Tribunal de Justiça e o Ministério Público para debater os problemas do Sistema Prisional. A expectativa é que nesta quinta-feira sejam apresentadas medidas emergenciais a serem tomadas pelo Poder Executivo para resolver problemas em penitenciárias. As três maiores unidades do interior foram alvos de interdição na última semana.

Juízes de Caicó e de Mossoró atenderam a diferentes pedidos do Ministério Público, que denunciou as precariedades constatadas nos presídios dessas cidades. Com isso, os magistrados determinaram a interdição dos locais e estipularam um prazo para o esvaziamento. Em Mossoró, o Governo tem 90 dias para retirar os presos da Cadeia Pública e do Complexo Penal Mário Negócio. Em Caicó, o prazo é de 180 dias para que os detentos da Penitenciária Estadual do Seridó ganhem novo destino.

Se somados, os quantitativos dessas três unidades se aproxima de 1.000 presos. São 981 detentos, entre os regimes fechado, semi-aberto e aberto, para os quais o Governo terá que encontrar novo teto. Enfrentando um déficit de mais de 2 mil vagas, a Secretaria de Justiça, pasta responsável pelo assunto, poderá passar a enfrentar problemas ainda mais graves a partir de agora.

O Tribunal de Justiça chegou a cogitar a possibilidade de soltar os presos em virtude da ausência de vagas. A saída foi apontada pelo juiz Fábio Filgueira, auxiliar da presidência da Corte. Apesar de classificar como “possibilidade distante”, Filgueira diz que não haverá outro caminho caso o Governo não apresente soluções emergenciais. “E se acontecer uma tragédia nessas unidades precárias, quem responderá por não tê-las interditado? A Justiça tem que agir, mas cabe ao Executivo realizar as melhorias. O Poder Judiciário está fazendo a sua parte”, afirmou o magistrado.

Ele continua. “Mas se não forem encontradas as vagas, terá que soltar. Não pode deixar os presos em condições desumanas”. Expediente similar já está sendo utilizado por juízes da Vara da Infância e Juventude de Natal que, por não encontrar vagas no sistema socioeducativo, têm libertado até adolescentes suspeitos de praticarem delitos considerados graves como homicídios e assaltos.

A Justiça planeja realizar, ainda no primeiro semestre desse ano, um mutirão carcerário. O que era encarado pelas autoridades estaduais como uma alternativa para desafogar as cadeias, é visto pela Justiça como a ratificação de um trabalho que não abrirá muitas vagas. “Observamos os processos de execuções penais com bastante atenção. O mutirão ocorrerá para certificar isso. Na prática, não serão muitas as vagas que serão abertas”, informou o juiz Fábio Filgueira.
As saídas apontadas pelo juiz para reverter as interdições são reformas emergenciais que permitam a permanência dos presos nas unidades. O Governo deverá apresentar uma resposta na reunião marcada para ocorrer hoje.

As reformas, porém, não serão simples. De acordo com o que foi narrado pelos juízes de Caicó e Mossoró, as deficiências estruturais dos presídios são graves. Em Caicó, o juiz Luiz Cândido Villaça foi enfático ao determinar a interdição: “O sistema prisional local ofende a constituição em seu preceito mais sensível: a regra que proíbe a tortura!”, disse fazendo referência às condições nas quais os presos são mantidos.

Ele acrescentou que a medida pretende evitar uma tragédia. “Apesar de não ter condições de prever o futuro, é necessário que as autoridades que representam o Estado – dentre as quais se insere este magistrado – tomem uma atitude que previna mortes e carnificina”. Em Mossoró, o juiz Vagnos Kelly de Medeiros afirmou que vistorias apontaram que há falhas no planejamento contra incêndios, além de condições impróprias para alojamento dos presos em virtude de problemas nas instalações elétricas e hidráulicas.


Postado Por GUIMARAES - TRANSCRITO DO JH 21/03/2013

Fechar

SEMOPI PROCURA EMPRESA PARA OBRAS EM PONTA NEGRA

PREFEITURA RECORRE NOVAMENTE À SITUAÇÃO DE CALAMIDADE PÚBLICA PARA TOCAR OBRAS DO CALÇADÃO. PRAIA DEVE GANHAR ESPIGÕES.

Saiba Mais

Sob a guarda do segundo decreto de calamidade pública para a área do calçadão de Ponta Negra em menos de um ano, publicado na edição de ontem do Diário Oficial do Estado, a Prefeitura do Natal já busca uma empresa para realizar os reparos na área. O decreto vale por 90 dias, podendo ser prorrogado pelo mesmo período.

A administração também conta com a afirmativa do Ministério da Integração, dada na terça-feira de que os R$ 6,3 milhões necessários para a “ação de resposta”, como é qualificada a recuperação do calçadão, serão liberados.

De acordo com Tomaz Pereira Neto, adjunto de Planejamento de Obras da Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi), seis empresas já foram contatadas. “Algumas delas são de Natal. Estou no aguardo das respostas do orçamento. Vamos escolher o que for mais barato para a prefeitura e encaixar dentro da verba disponibilizada”, explicou Neto.

O decreto de calamidade possibilita que uma empresa seja contratada sem licitação para executar uma obra ou prestar um serviço no calçadão de Ponta Negra, desde que a conclusão do trabalho seja dentro de 180 dias.

A expectativa da Secretaria é de que as obras durem de seis a oito meses. “Devemos começar os trabalhos já na primeira semana de abril. Precisamos proteger a encosta da melhor forma possível. É inegável o avanço do mar, tanto no Litoral Norte como no Sul”, destaca o secretário-adjunto.

A Semopi planeja contratar duas empresas para a recuperação do calçadão. Uma para realizar o enrocamento – colocação de pedras compactadas para absorver o avanço do mar e uma camada de areia como dreno entre as pedras e a calçada –, que deverá custar R$ 4,8 milhões, e outra para a recuperação da parte superior do calçadão, com a recolocação das pedras, por R$ 1,5 milhão. Segundo os cálculos da Semopi, dos 2.315 m de calçadão, 1.700m foram destruídos pela ação das marés.

A escolha pela colocação das pedras de granito para a proteção da área é baseada no laudo feito pelo engenheiro pernambucano Luiz Parente Maia e por ser mais barato que a alternativa – o bolsacreto, espécie de bolsões de concreto. “Com o dinheiro gasto em 600 metros de bolsacreto é possível fazer dois quilômetros de enrocamento”, explica Tomaz Neto. O enrocamento da orla já foi feito em estados como Pernambuco – 25 km – e Ceará – 4 km – nos últimos dois anos.

Na reunião com a Secretaria de Defesa Civil do Ministério da Integração, o secretário defendeu a utilização das pedras e afirma que a solução aplicada será esta. Ao mesmo tempo afastou a possibilidade de uma “engorda” provisória da praia, sugerida em laudo pericial feito pelo professor Venerando Eustáquio Amaro no ano passado, do laboratório de geoprocessamento do curso de Geologia da UFRN, que foi designado pela Justiça Federal para a coordenação dos trabalhos.

“O professor sugeriu o uso de pouco mais de 90 mil m³ de areia apenas para algumas partes da praia. É uma gota no oceano, muito pouco para proteger. Mas, sem sombra de dúvidas, o estudo de Venerando foi essencial para o amadurecimento das ideias que redundaram na solução apresentada”, disse Tomaz.

 

LAUDOS
Antes de liberar os R$ 6,3 milhões, o Ministério da Integração ainda pediu mais dois laudos. Os documentos servirão para justificar as escolhas apresentadas pela Prefeitura ao órgão federal para a recuperação imediata em pouco mais de 1.700 metros de calçadão destruídos.
O primeiro laudo diz respeito ao enrocamento, apontado pelo engenheiro Luiz Parente e defendido pela Prefeitura como solução. “Listaremos uma série de possíveis ações, mas justificando a escolha do enrocamento para recuperação”, apontou Tomaz.

O segundo documento é para refutar o uso do “engordamento” de setores próximos ao calçadão, como está previsto no laudo entregue em dezembro. “Nosso objetivo é afastar os desperdícios e recuperar a nossa praia. Sei que todos os envolvidos querem isso e é a nossa prioridade na secretaria”, relatou o adjunto. Os laudos devem ser enviados à Brasília até o início da próxima semana.

Postado Por GUIMARÃES - TRANSCRITO DO NOVO JORNAL 21/03/2013

Fechar

AS INDICAÇÕES DOS SECRETÁRIOS DA SAPE E DA SEMARH NÃO FORAM INDICADAS PELA MAIORIA DOS PEEMEDEBISTAS

PMDB não se sente representado pelas indicações de Teixeira e Leonardo Rego.

Saiba Mais

As nomeações de Junior Teixeira (PMDB) para secretário da Agricultura e de Leonardo Rego (DEM) para secretário dos Recursos Hídricos foram publicadas na edição de hoje do Diário Oficial do Estado. As nomeações são resultado de ao menos seis reuniões do chamado conselho político do governo do Estado. A primeira reunião do conselho aconteceu em 25 de fevereiro. A última, neste sábado, dia 16 de março. Em entrevista ao Jornal de Hoje, o deputado estadual Nélter Queiroz (PMDB) afirmou esta manhã que as nomeações não contam com o seu respaldo enquanto peemedebista. Ele afirma que, como partidário, não foi ouvido sobre elas. E que o PMDB, de uma forma geral, sequer foi ouvido. “Como partidário não fui ouvido, mas respeito. Não fui ouvido como parlamentar do partido. O PMDB não indicou (esses nomes) porque não foi ouvido”, afirmou.

Segundo Nélter Queiroz, o PMDB não se reuniu para discutir as indicações de Junior Teixeira e Leonardo Rego. Ele ressaltou que a indicação de Leonardo Rego, filho do líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado estadual Getúlio Rego (DEM), jamais seria uma indicação do PMDB ou do seu presidente Henrique Alves. Ainda segundo Nélter Queiroz, a própria indicação de Júnior Teixeira, que é do PMDB, também não conta com o seu respaldo. “Não houve reunião nenhuma. Respeito os nomes, mas acho que Henrique indicar um nome do DEM, não foi Henrique. Nem em relação a Junior Teixeira nem a ninguém. Nem conheço Júnior como filiado do PMDB, não sabia nem que era filiado do PMDB”, disse Nélter Queiroz.

Instado a dizer se aprovava os nomes de Teixeira e de Rego, o deputado peemedebista Nélter Queiros declarou ainda: “Eu não tenho que aprovar os nomes. Até porque não votei na governadora e o que nós devemos é torcer para que o governo se desdobre, funcione, passe para a prática”, ressaltou o parlamentar seridoense. “Eu não acredito que pior vá ficar, acho que vai melhorar. Mas, só se pode julgar esperando”, afirmou ele ainda, descrente em relação ao governo Rosalba Ciarlini.

MAIS INSATISFAÇÃO

Já o ex-presidente do Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (DNOCS), ex-deputado estadual Elias Fernandes, deixou a condição de cotado para secretário de Recursos Hídricos para preterido e, pior: prejudicado politicamente. A não confirmação do seu nome para gerir o setor de recursos hídricos, como vinha sendo cogitado, terminou pior para ele e seu grupo político em Pau dos Ferros do que se poderia imaginar. Quem terminou sendo indicado e nomeado foi seu adversário político, o ex-prefeito de Pau dos Ferros Leonardo Rego (DEM).

Indagado esta manhã se havia ficado satisfeito com a escolha de Leonardo, Elias disse que, “politicamente, não”. Isso se deve ao fato de que, em Pau dos Ferros, os grupos dele e de Rego são adversários ferrenhos. Elias Fernandes e o seu filho, o deputado estadual Gustavo Fernandes (PMDB), são tradicionais adversários de Leonardo Rego e o seu pai, o líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado estadual Getúlio Rego (DEM).

“Quanto à escolha de Leonardo, lá em Pau dos Ferros nós somos de posição contrária, não apoiamos o sucessor dele, fazemos oposição ao sistema político dele e, evidentemente, foi uma decisão pessoal da governadora”, disse Elias.

Instado a falar sobre o fato de que tinha sido preterido, Elias Fernandes respondeu com uma indagação: “E o DEM não é partido aliado?. Então tem também direito a indicar. Como o PMDB tem também direito indicar. Ninguém quer disputar espaço. Cada um tem seu espaço e a decisão é da governadora”, declarou.

Elias esclarece que é secretário-geral do PMDB no Rio Grande do Norte e que, embora seu nome tenha sido citado, “nunca, em nenhum momento, foi ventilado da parte de Henrique nomes de a, b ou c, para secretário de Recursos Hídricos. Meu nome ventilado, mas não procurei, porque, até bem pouco tempo, fui diretor do DNOCS, e a questão política quem conduz é Gustavo”.

Ele confirma, entretanto, que a pasta de Recursos Hídricos estava sendo posta entre os nomes de espaços pleiteados pelo PMDB. “Estava entre os nomes, como Agricultura. Mas a reunião era dos aliados. Têm também os espaços do João Maia, presidente do PR, têm também direito a indicar”, afirmou. Ainda em meio à discussão de abertura de espaços por parte do governo, haveria a possibilidade de os aliados indicarem ainda cargos para a Caern, DETRAN e Emater.

Teixeira: “Se não tiver ajuda não tenho interesse em permanecer”

O novo secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca, Júnior Teixeira, afirmou hoje que se não tiver a ajuda do governo federal e a atenção do governo do Estado, ele próprio não tem interesse em permanecer como secretário. “O que me motiva a assumir esse cargo hoje é ter a consciência de que eu posso mobilizar o setor produtivo, que eu posso contar com a ajuda do governo federal, do governo do estado, para essa contribuição. Se não se consolidar tudo isso, não há, da minha parte, o interesse de permanecer nessa secretaria”.
Ex-prefeito de Serrinha, peemedebista, Júnior Teixeira assume o posto por indicação do presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves. A indicação do agropecuarista contaria ainda com o aval do ministro da Previdência Garibaldi Filho. Teixeira chegou a recusar o convite, mas diante do apelo de Henrique e da formalização por parte da governadora, ele terminou aceitando.

No último domingo, ele conversou pessoalmente com Rosalba. “Já conversamos, domingo passado. Foi uma conversa preliminar, logicamente porque eu preciso ter conhecimento da estrutura da secretaria, dos problemas da secretaria, dos convênios da secretaria, da questão interna. Mas coloquei para a governadora que tenho consciência que nenhum projeto da secretaria poderá se concretizar se primeiro nós não tivermos organizado a área administrativa dessa secretaria. Portanto, inicialmente pretendo fazer esse diagnóstico da secretaria e colocar uma equipe para fazer com que os projetos possam acontecer, para que a agropecuária do estado possa ter projetos concretos”, disse ele hoje, em entrevista ao Jornal da Cidade, da FM 94.

Júnior Teixeira substitui Orlando Procópio, que vinha ocupando o cargo interinamente desde o ano passado, quando da exoneração de Betinho Rosado. Irmão do secretário chefe do gabinete civil, Carlos Augusto Rosado, Betinho resolveu retomar seu mandato na Câmara Federal, de onde havia se licenciado em 2011 para integrar o primeiro escalão governamental.

Ainda em sua entrevista, o novo secretário disse que terá total liberdade. Mudanças não estão descartadas em órgãos como Emparn e Idiarn. “Lógico que nós temos que fazer algumas mudanças, mas podem ser mudanças que sejam dentro do campo que cabe à secretaria. Nós queremos formar uma equipe com pessoas que conheçam, que gostem e queiram trabalhar, para fazermos um trabalho diferenciado”, observou.

Teixeira não confirmou que o programa do leite será administrado por ele, uma vez que se discute ainda a possibilidade dele vir a ser administrado pela Secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social. “A minha permanência na secretaria de agricultura depende dos resultados que a gente possa fazer acontecer. Então, para isso a gente tem que escolher as pessoas certas, que conheçam e que queiram trabalhar”.

Postado Por JORNAL DE HOJE 21/03/2013

Fechar

TRAVESTIS SÃO PRESOS ACUSADOS DE ASSALTOS NA VIA COSTEIRA

Dois travestis identificados por Samantha e Romana foram acusados de assaltos em Ponta Negra / Via Costeira - Zona Sul.

Saiba Mais

Dois travestis, identificados como Samanta e Ramona, foram presos, na noite desta quarta-feira (20), na avenida Engenheiro Roberto Freire, no bairro de Ponta Negra, zona Sul de Natal. Contra os dois existe a suspeita de assalto contra um motorista que transitava pelo local.

O homem, que prefere não ter sua identidade revelada, disse que voltava para casa quando no momento que diminuiu o carro para passar em uma lombada foi atacado pela dupla que destravou porta do veículo e entrou nele a força, anunciando o assalto em seguida. “Foi tudo muito rápido, quando olhei para trás eles já estavam entrando no carro e gritando para chamar a atenção de quem passava no local. Foi horrível’, relatou.

De acordo com o Guarda Municipal Erasmo Silva, a dupla foi detida no momento que tentava fugir do local após a vítima procurar ajuda. “Esse tipo de crime está sendo muito comum naquela localidade. Estamos registrando quase que diariamente ocorrências como essas”, disse.

As suspeitas se defenderam informando que os autores do assalto foram outros travestis e que foram confundidos pela vítima. Ramona, que na verdade é Dinarte Otaviano da Silva, de 29 anos, e Samanta, que assina como o nome de Roberto Sávio Ribeiro de Barros, de 21, foram autuados e conduzidos para a carceragem da zona Norte de Natal.

Postado Por GUIMARAES - TRANSCRITO DO JH 21/03/2013

Fechar

SANTA CRUZ ENTREGA A LANTERNA - DE VOLTA - AO BARAÚNAS.

Gol foi marcado pelo zagueiro Tiago Messias, aos 30 minutos do segundo tempo. Derrota deixa o Baraúnas na última posição do primeiro turno.

Saiba Mais

Jogando em Mossoró nesta quarta-feira, o Santa Cruz-RN conquistou sua primeira vitória no primeiro turno do Campeonato Potiguar. O time do técnico Gilberto Gaúcho venceu o Baraúnas por 1 a 0, no Estádio Nogueirão. O gol foi marcado pelo zagueiro Tiago Messias, aos 30 minutos do segundo tempo. Com o resultado, o Tricolor do Trairi chegou aos quatro pontos e deixou a lanterna, ocupada agora pelo Baraúnas, com apenas dois pontos.

O jogo

O primeiro tempo do Santa Cruz foi agitado. O Tricolor do Trairi fez as principais jogadas ofensivas com os jogadores Alvinho e Maurício Pantera. A dupla deu trabalho à defesa do Baraúnas, que precisou se virar para aguentar a pressão, já que não teve o goleiro Érico, expulso na partida contra o Potiguar. Pelo lado mossoroense, a equipe não apresentou um bom futebol e acabou envolvido no futebol do Santa Cruz. No entanto, nenhuma chance de gol existiu.

No segundo tempo, o Santa Cruz desperdiçou diversas chances, sempre com a dupla de atacantes. Pelo lado do Baraúnas, o time esteve totalmente desentrosado, devido à saída de oito jogadores durante a semana.

Quando o jogo parecia se encaminhar para um empate sem graça, o Santa Cruz “achou” um gol. Aos 30 minutos, o zagueiro Tiago Messias carregou a bola desde a sua defesa e foi sozinho ao ataque. De frente para o goleiro Ramon, Tiago acertou um chutaço e marcou o gol da vitória do Tricolor de Trairi.

Rodada decisiva

O Baraúnas faz seu último jogo pela Copa RN neste domingo, contra o Corintians-RN, em Caicó. Já o Santa Cruz encara o Potiguar na cidade de Mossoró. O jogo será realizado no Estádio Nogueirão. As duas partidas começam às 17h.

Postado Por GUIMARÃES (Globo.com) 21/03/2013

Fechar

CORINTIANS É O NOVO LÍDER DO CAMPEONATO POTIGUAR

Ebinho, duas vezes, Índio e Ito Cruz marcam para o Galo do Seridó, enquanto Theo, também duas vezes, e Vaninho descontam para o Potiguar de Mossoró.

Saiba Mais

O Corintians-RN reassumiu nesta quarta-feira a liderança do primeiro turno do Campeonato Potiguar e segue com chances de chegar à final. O Galo do Seridó derrotou o Potiguar de Mossoró por 4 a 3 em partida realizada no Estádio Marizão, em Caicó.

Com a vitória, o Corintians soma 13 pontos e ultrapassa Assu e América-RN no número de gols marcados, já que as três equipes têm a mesma pontuação. O Potiguar, com o revés, não tem mais chances de classificação para a final do turno, ficando com sete pontos.

O atacante Ebinho abriu o placar para os donos da casa logo aos sete minutos. O lateral Índio fez o segundo do Galo do Seridó aos 20. O goleiro David Escorpião, do Corintians, falhou, e o atacante Theo descontou para o Potiguar, aos 24.

Os mossoroenses chegaram ao empate aos três minutos do segundo tempo, com gol de Vaninho. O Corintians marcou o terceiro aos 16 minutos, mais uma vez com Ebinho, e ampliou aos 22, com Ito Cruz. Theo fez mais um e o Potiguar diminuiu aos 26.

Rodada decisiva

Na última rodada do primeiro turno, o Corintians, que briga para chegar à final do turno, joga novamente no Marizão, recebendo o Baraúnas. Já o Potiguar enfrenta o Santa Cruz-RN no Estádio Nogueirão, em Mossoró. Os dois jogos estão marcados para domingo, às 17h.

Postado Por GUIMARÃES (Globo.com) 21/03/2013

Fechar

AMÉRICA FICA NO EMPATE COM O ASSU E A VAGA SERÁ DECIDIDA NO PRÓXIMO DOMINGO

Time assuense sai na frente, com gol de Serginho, e alvirrubro empata com Índio Oliveira. Resultado mantém as equipes com chances de classificação.

Saiba Mais

América-RN e Assu empataram por 1 a 1 na noite desta quarta-feira, no Estádio Nazarenão, em Goianinha. O resultado adia para domingo a definição dos finalistas do primeiro turno do Campeonato Potiguar.

Assu e América-RN agora têm 13 pontos e ocupam as segunda e terceira posições, respectivamente, atrás do Corintians-RN, que lidera com a mesma pontuação e leva vantagem no número de gols marcados.

O Assu surpreendeu os donos da casa logo aos três minutos de jogo. Paulinho fez o cruzamento, Edson Rocha não cortou e Serginho apareceu livre para abrir o placar.

O América não se rendeu e criou boa oportunidade com Tiago Adan. O empate só viria aos 15 minutos. Netinho fez ótimo lançamento e Índio Oliveira, a novidade de Roberto Fernandes para o confronto desta quarta-feira, bateu para as redes. O mesmo Índio Oliveira chegou com perigo e por pouco não virou o jogo.

Na segunda etapa, Roberto Fernandes colocou os atacantes Dimas, Alemão e Taiberson nos lugares de Netinho, Tiago Adan e Ricardo Baiano. O time rubro pressionou até o final, mas não conseguiu furar o bloqueio da defesa assuense.

Rodada vale vaga na final

A última rodada do primeiro turno está marcada para domingo, às 17h. O América encara o Alecrim no Estádio Ninho do Periquito, em São Gonçalo do Amarante, enquanto o Assu desafia o ABC no Estádio Frasqueirão, em Natal.

Postado Por GUIMARÃES (Globo.com) 21/03/2013

Fechar

ABC VENCE O ALECRIM E ACREDITA EM CLASSIFICAÇÃO

Vanderlei, Rodrigo Silva e Gladstone fizeram os gols alvinegros. Com a vitória, equipe chega aos 10 pontos e decide vaga para final no Frasqueirão.

Saiba Mais

O ABC venceu o Alecrim por 3 a 1 nesta quarta-feira, em jogo válido pela sexta rodada do primeiro turno do Campeonato Potiguar. A partida foi realizada no Estádio Ninho do Periquito, em São Gonçalo do Amarante. Os gols alvinegros foram marcados por Vanderlei, Rodrigo Silva e Gladstone, com Claiton descontando para o time alviverde.

Com esse resultado, o ABC chegou a 10 pontos, mas se mantém na quarta colocação. Já o Alecrim continua com cinco pontos, ocupando a sexta posição na classificação.

O jogo

Antes da partida, o técnico do ABC, Paulo Porto, teve mais uma dor de cabeça com o time titular. Durante o aquecimento, o goleiro Lopes sentiu uma lesão e acabou ficando no banco de reservas. A outra ausência foi o lateral-direito Thiaguinho, vetado pelo departamento médico do clube após o Clássico Rei contra o América, no último domingo.

Desde o início da partida, o ABC mostrou-se mais ofensivo, com um quadrado no ataque formado pelos meias Jean Carioca e Júnior Xuxa e pelos atacantes Rodrigo Silva e Vanderlei. Na primeira investida abecedista na defesa do Alecrim, saiu o primeiro gol da partida. Aos 13 minutos, Rodrigo Silva fez boa jogada e tocou para Vanderlei, que deu um leve toque na saída do goleiro Rodrigues e abriu o placar. Logo em seguida, outra tabelinha entre os atacantes, mas, dessa vez, Rodrigues conseguiu a defesa.

O Alecrim chegou com perigo pela primeira vez aos 20 minutos. O meia Robertinho, de frente para o gol, chutou forte, mas o goleiro alvinegro Rafael defendeu. Após a jogada, o zagueiro abecedista Flávio Boaventura sentiu uma lesão na coxa direita e pediu para sair de campo, entrando Leandro Cardoso no seu lugar. A partir daí, o Alecrim conseguiu se impor em campo e fez algumas jogadas mais ofensivas, todas comandadas pelo meia Claiton. Pelo lado alvinegro, o meia Júnior Xuxa bateu uma falta aos 32 minutos de jogo e forçou o goleiro Rodrigues a se esticar todo, caindo de forma errada e necessitando de atendimento médico.

Precisando de um gol, o Alecrim se jogou no ataque e conseguiu o empate. No último lance do primeiro tempo, o meia Claiton, que conduzia as principais jogadas do Periquito, fez uma arrancada e chutou forte para empatar o jogo.

No segundo tempo, o técnico abecedista Paulo Porto trocou Jean Carioca por Jheimy e a substituição provocou um efeito positivo no time. Logo aos cinco minutos,  após jogada no ataque, Bileu, que jogou improvisado na lateral direita, cruzou na cabeça de Rodrigo Silva, que mandou para o fundo do gol.

Com o segundo gol no jogo, o Alecrim sentiu a pancada e ficou perdido em campo. Bom para o ABC, que soube aproveitar a oportunidade para ampliar o jogo. Após cruzamento de Júnior Xuxa, o zagueiro Gladstone subiu mais alto que defesa alviverde e marcou o terceiro gol alvinegro na partida, aos 11 minutos.

Rodada decisiva

Na próxima rodada, que acontece neste domingo, o Alecrim recebe o América-RN no Estádio Ninho do Periquito, em São Gonçalo do Amarante. O ABC também faz sua partida em casa, enfrentando o Assu, no Estádio Frasqueirão. A última rodada do primeiro turno do Campeonato Potiguar começa às 17h.

Postado Por GUIMARÃES (Globo.com) 21/03/2013

Fechar

Centro Clínico Sadi Mendes realizou 685.328 atendimentos no ano passado

Centro Clínico Sadi Mendes realizou 685.328 atendimentos no ano passado

Saiba Mais

Com 23 especialidades e 60 profissionais médicos, o Centro Clínico Dr. Sadi Mendes – localizado na Avenida Comandante Petit – vem se destacando pela qualidade dos serviços oferecidos e pela grande quantidade de atendimentos. Em 2012, a unidade foi responsável por 685.328 atendimentos, com destaque para psicologia (8.336 consultas). Psiquiatria (6.786) e cardiologia (6.175).

Carlos Roberto Braz da Silva, diretor geral do Centro Clínico, explica que há especialidades onde a demanda é muito maior do que a capacidade de atendimento. “Diariamente, atendemos cerca de 500 pessoas por dia. E a procura maior tem sido nas áreas de cardiologia, psicologia e psiquiatria”, revela o diretor, esclarecendo que o Centro Clínico reúne não apenas o CCPAR, mas também o Centro Especializado de Odontologia (CEO), Laboratório, Junta Médica e Marcação de Consultas.

A direção do CCPAR está a cargo de Patrícia Gomes Pereira e Almira Olanda. De acordo com o mapa demonstrativo de consultas e procedimentos no ano passado passaram por consultas nesta unidade 61.711 pessoas e foram realizados 77.671 procedimentos. “Realizamos aqui muitos procedimentos, porém, o que os pacientes mais procuram é o eletrocardiograma e o exame de áudio vocal limiar”, disse Patrícia Pereira.

Os pacientes vem encaminhados dos postos de saúde de todos os bairros de Parnamirim. Cleide Trajano, 61 anos, mora no Parque Industrial e vem se consultar com um urologista do CCPAR. “Gosto muito daqui. Não tenho do que reclamar. Os médicos são excelentes”, disse.

Gilma de Souza, 46, moradora do Conjunto Vida Nova é paciente do Centro Especializado de Odontologia e faz elogios aos serviços. “Tenho problema de pressão alta. E, aqui a dentista já sabe da minha ficha médica. Com ela me sinto totalmente segura”, justifica sua preferência.

Postado Por http://www.parnamirim.rn.gov.br 20/03/2013

Fechar

ALECRIM NÃO CONSEGUE PONTUAR NO CAMPEONATO

ALECRIM PERDE PARA O ASSÚ E CONTINUA COM 5 PONTOS.

Saiba Mais

O campeonato de futebol estadual profissional 2013, deu procedimento ontem na sua 5 rodada com mais um jogo entre Assu 2 x 1 Alecrim F.C, a tarde no estádio Edgard Borges Montenegro na cidade de Assu, o Alecrim jogou de: Rodrigues,Maneco,Bruno Recife,Robson, Elton(Juninho), Marcinho,Rico(Wigor),Ruy Cabeção, Felipe Moreira(Jô),Robertinho,Claiton, o gol do Alecrim foi marcado por Bruno Recife, o técnico , Wasil Mendes.

Já a equipe do Assú jogou de: Dida,Hallyson, Olliveira,Serginho,Marcelo,Diego,Augusto,Dinho,Paulinho(Wesley),Juninho(Matheus),Marcelo Paraiba, técnico Netinho.

Renda do jogo: R$6.692,00 bruta, sendo R$ 2.843,23 renda líquida, público pagante 497, não pagante 244 total do público 741.



Postado Por Jarbas França/parnaradio.com.br 18/03/2013

Fechar